O CÁRCERE COMO TECNOLOGIA REPRESSIVA E DE CONTROLE SOCIAL DA POPULAÇÃO POBRE E NEGRA NO BRASIL

Autores

  • Rosilene Marques Sobrinho de França
  • Beatriz Gershenson

DOI:

https://doi.org/10.18764/2178-2865.v27n2.2023.50

Palavras-chave:

Estado, encarceramento, neoliberalismo

Resumo

O artigo objetiva analisar a função do cárcere na ordem capitalista com reflexões sobre como este se constituiu em tecnologia repressiva a serviço dos interesses do Estado no capitalismo dependente e periférico instaurado no Brasil, discutindo-se o seu papel em tempos de reestruturação produtiva do capital no controle social da população pobre e negra. Com base em estudo bibliográfico e documental os resultados mostraram que há uma intrínseca relação entre a formação e a consolidação do Estado nacional brasileiro e a configuração do sistema penal no bojo da transição para o capitalismo dependente, no qual o cárcere funciona como importante tecnologia de reprodução das hierarquizações sociais, raciais e de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-12-19

Como Citar

FRANÇA, Rosilene Marques Sobrinho de; GERSHENSON, Beatriz.
O CÁRCERE COMO TECNOLOGIA REPRESSIVA E DE CONTROLE SOCIAL DA POPULAÇÃO POBRE E NEGRA NO BRASIL
. Revista de Políticas Públicas, v. 27, n. 2, p. 888–901, 19 Dez 2023 Disponível em: https://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/22832. Acesso em: 14 jul 2024.