CULTURA E POLÍTICA NA FORMAÇÃO DOS TRABALHADORES BRASILEIROS DIANTE DAS MUTAÇÕES SOCIOECONÔMICAS E CULTURAIS-COMUNICACIONAIS

Rafael Litvin Villas Bôas, Julia Iara de Alencar Araújo

Resumo


O artigo visa discutir a articulação entre as esferas da cultura e política, em
perspectiva histórica, no processo de formação dos trabalhadores no Brasil, com ênfase no acúmulo, legados, limites e desa8 os da experiencia formativa de trabalhadores do campo, protagonizada pelos movimentos sociais de massa do campo brasileiro. O debate sobre o signi8 cado de popular no âmbito da cultura popular brasileira à luz do processo de formação nacional é abordado no artigo como uma expressao das contradições da luta social no Brasil. O impacto do trauma do golpe militar-empresarial da ditadura de 1964 enquanto dimensão regressiva à cultura política da classe trabalhadora é analisado, enquanto impasse a ser enfrentado política e pedagogicamente nos processos formativos formais e não formais.
Palavras-chave: Cultura, política, formação, classe trabalhadora, cultura popular.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)