O VALE CULTURA NA VISÃO DE GESTORES DE EMPRESAS DE UM MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL

Ana Clara Ferreira Marques, Maria Glória Dittrich, Micheline Ramos de Oliveira, Flávio Ramos

Resumo


A Lei Federal nº 12.761/2012 instituiu o Programa de Cultura do Trabalhador para garantir a implementação de direitos culturais aos trabalhadores e incentivar a cadeia produtiva da cultura. Este artigo é resultante de uma pesquisa com objetivo de perceber como se dá o processo de implantação deste programa, em Itajaí – SC. A pesquisa foi do tipo exploratória, qualiquantitativa, sob a abordagem da hermenêutica fenomenológica. O público alvo foi composto porempresas itajaienses optantes do lucro real. A coleta de dados realizou-se por pesquisa bibliográfi ca e documental e por entrevistas estruturadas individuais,
com três gestores e três trabalhadores por empresa. O resultado mostrou que os gestores não percebem viabilidade econômica nesta política, nem benefício aos trabalhadores devido à diminuta rede credenciada local de recebedoras do Vale Cultura.
Palavras-chave: Vale cultura, isenção fi scal, comunicação, qualidade de vida.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2178-2865.v22n1p217-236

Direitos autorais 2018 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)