ANÁLISE DO GASTO PÚBLICO AMBIENTAL NAS DEZ MAIORES ECONOMIAS REGIONAIS DO PARANÁ

Marcio Henrique Coelho, Marcio Marconato, Igor Geteschi, Maritzel Ríos Fuentes Coelho

Resumo


O objetivo deste artigo foi estabelecer um panorama do gasto público ambiental per capita nas dez maiores economias regionais do Paraná, ponderando três períodos: de 2002 a 2005, de 2006 a 2009 e de 2010 a 2013. O conceito de gasto público ambiental utilizado, considerou as variáveis da despesa agregada, nas categorias de gestão ambiental e saneamento, com a agregação de todas as subcategorias, e na categoria agricultura, com a seleção de subcategorias com finalidade ambiental. As fontes de dados foram a Secretaria do Tesouro Nacional, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social e os balanços gerais do Paraná e das prefeituras. A metodologia teve como base a estatística descritiva. Os resultados do gasto público ambiental per capital indicaram em média o valor de R$ 66,33 ao ano, correspondentes a um desembolso total de R$ 8,3 bilhões no período Os municípios com os maiores valores absolutos foram: Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina e Cascavel; e em termos per capita: Araucária, São José dos Pinhais, Cascavel e Curitiba

Palavras-chave


Meio ambiente; finanças municipais; gestão ambiental; saneamento; agricultura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2178-2865.v21n1p89-111

Direitos autorais 2017 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)