ESTADO E CULTURA NA CONTEMPORANEIDADE: Portugal e Brasil em foco

Maria Manuel Baptista, Alba Maria Pinho de Carvalho, Helciane de Fátima Abreu Araújo, Irlene Menezes Graça

Resumo


Configuração e elementos analíticos sobre o Estado Contemporâneo na civilização do capital. O foco de estudo incide na relação Estado/Cultura, tendo como referência empírica o cenário europeu, com enfoque em Portugal e o contexto brasileiro. As discussões têm como fio condutor a contraditoriedade do tecido estatal, buscando superar leituras tradicionais, fundadas em dicotomias. O Estado Contemporâneo é analisado na confluência dos processos de democratização e de ajuste à ordem do capital mundializado, trabalhando-se a tese de encontros/desencontros entre Estado/Sociedade Civil que se expressam na dinâmica das políticas públicas. É enfatizada a proposta da democracia cultural como desafio do nosso tempo.

Palavras-chave


Estado. Cultura. Contemporaneidade. Sociedade civil. Contraditoriedade. Democracia

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2015 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)