SÁUDE INDÍGENA EM TEMPOS DE BARBÁRIE: política pública, cenários e perspectivas

Raimunda Nonato da Cruz Oliveira, Lucia Cristina dos Santos Rosa

Resumo


Este artigo traz uma breve discussão da questão social indígena contemporânea, com ênfase no perfil saúde-doença, e seu enfrentamento pelo Estado. Mostra que tais reflexões têm sua origem em uma pesquisa de campo finalizada em fevereiro de 2014, envolvendo os índios da etnia Guajajara em Barra da Corda, Maranhão, e os profissionais de saúde indígena do Departamento de Saúde Indígena (DSEI-MA), daquele Estado. O seu produto, ainda em andamento, aponta para uma realidade complexa evidenciada, a partir das narrativas apresentadas pelos sujeitos da pesquisa, onde se presencia uma situação de degradação e pauperização da saúde indígena em decorrência do avanço do capitalismo e da incapacidade das políticas públicas, principalmente a política de saúdeem proporcionar ao indígena, tanto no plano jurídico como no plano executivo, a condição de cidadão de direito, tendo isto refletido negativamente na qualidade de vida desses povos e nas práticas profissionais desenvolvidas junto a esse seguimento de política. 
Palavras-chave: Questão indígena, saúde indígena, política pública.

INDIGENOUS HEALTH IN TIMES OF BARBARISM: public policy, scenarios and perspectives
Abstract: This article brings a brief discussion of contemporary indigenous social issues, with an emphasis on health and illness profile,and its confrontation by the state. Shows that such reflections have their origin in a field survey completed in February 2014, involving Guajajara ethnic Indians in Barra do Corda, Maranhão, and indigenous health professionals from the Department of Indigenous Health (DSEI-MA), in that state. Their product, still in progress, is pointing to a complex reality where we noted, the narratives presented by the research subjects, a situation of degradation and impoverishment of indigenous health due to the advancement of capitalism and therefore the inability of public policies mainly health policy, to provide the indigenous, both legally and in the executive Plan as a citizen legal conclusion that reflected negatively on the quality of life of indigenous peoples and professional practices developed withthis follow-up policy.
Key words: Indigenous issue, indigenous health, public policy


Palavras-chave


Questão indígena; saúde indígena; política pública

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2178-2865.v18n2p481-496

Direitos autorais 2015 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)