GESTÃO DE POLÍTICA PúBLICA DE GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA: uma análise do programa nacional de incubadoras de cooperativas populares

Elisângela Abreu Natividade, José Roberto Pereira, Vânia Aparecida Rezende de Oliveira

Resumo


Este estudo tem como objetivo identificar e analisar as principais características da forma de gestão empreendida na condução do Programa Nacional de Incubadoras de Cooperativas Populares (Proninc). Considera que as políticas públicas representam o Estado em ação e entende que a forma de administração que assume o Estado influenciará decisivamente  nas  características  de  gestão  de  uma  política  pública.  Utiliza  uma  abordagem  qualitativa  de  natureza teórico-empírica. A coleta de informações ocorreu por meio de pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e realização de entrevistas com atores-chaves do Proninc. Verifica que, ao apresentar características alinhadas com a perspectiva de gestão pública societal, a gestão do Proninc insere-se no campo de uma administração pública que tem a gestão social como um forte pilar. No entanto, a fragilidade institucional manifestada, sobretudo nas dificuldades vividas em relação às fontes instáveis e inseguras de recursos financeiros, limita o pleno exercício dessa construção e compromete a efetividade da política pública estudada.

Palavras-chave


Políticas públicas; gestão pública; gestão social; economia solidária; incubadoras de cooperativas populares

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2178-2865.v17n1p241-250

Direitos autorais 2015 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)