“A QUESTÃO MAIS DELICADA SÃO AS RELAÇÕES TRABALHISTAS”: alguns elementos para o debate sobre o trabalho docente em instituições privadas de ensino superior

Denise Bessa Leda

Resumo


O texto analisa o trabalho docente em instituições privadas de ensino superior, em um contexto em que os trabalhadores estão submetidos às diversas formas de dominação do capitalismo flexível. Para tanto,coloca em questão os modos de organização do trabalho no campo educacional e suas repercussões na educação superior, apresentando, também, discussões sobre as esferas pública e privada, no âmbito do atual Estado burguês. Identifica, a partir de um estudo de campo, um contexto de intensa precarização nas relações de trabalho dos professores, nessas instituições, com a combinação de muitos elementos, objetivos e subjetivos, no complexo cotidiano desse trabalhador.Palavras-chave: Trabalho docente, educação superior, privatização.“WORKING RELATIONS, THE MOST DIFFICULT MATTERS”: some elements to discuss about the teaching work in private and public colleges.Abstract: The text analyses the work of teachers in private colleges and universities in a context which they are subject to various forms of flexible capitalism domination. The work organization regarding education and how it reverberates in these schools is analyzed, as well as the discussions about the public and private into the current bourgeois State. From a field study it was possible to identify a context of extreme precariousness of the work relations of teachers in such institutions, combining many objective and subjective elements, in this worker's complex daily routine.Key words: Teaching work, higher education, and privatization.

Palavras-chave


Trabalho Docente; Educação Superior; Privatização

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2015 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)