METROPOLIZAÇÃO NA ILHA DE SÃO LUÍS E SEUS IMPACTOS SANITÁRIOS E AMBIENTAIS

Lúcio Antônio Alves Macêdo

Resumo


O texto apresenta os aspectos do Saneamento Ambiental considerados na Ilha do Maranhão, sob uma perspectiva histórica, resgatando o papel do saneamento na melhoria da qualidade de vida da populaçãoe ressaltando os baixos índices de cobertura dos serviços de abastecimento de água (56%) e esgotamento sanitário (12%), bem como a precariedade da destinação de resíduos sólidos nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar. Enfatiza que, neste particular, não existem mais áreas disponíveis para construção de aterros sanitários, em face das implicações ambientais em áreas de proteção de mananciais. Como resultado dos estudos se evidenciou a poluição das águas nos principais rios da Ilhacom carga poluidora de 60 ton/dia, comprometendo os usos múltiplos do rio Anil, Bacanga, Paciência e Tibiri, bem como os altos índices de doenças infectocontagiosas e mortalidade infantil devido a precariedade do Saneamento associado à problemática da geração de 700 t/d de resíduos. Como conclusão do estudo, apontaa necessidade de execução do planejamento ambiental, ordenando o uso do espaço e adotando técnicas de controle sanitário e ambiental para a população.Palavras-chave: Saneamento ambiental, degradação das bacias hidrográficas, planejamento ambiental.METROPOLIZATION THE ISLAND OF SÃO LUIS AND ITS SANITARY AND ENVIRONMENTAL IMPACTSAbstract: This paper presents aspects of the Environmental Sanitation considered on the island of Maranhão, from a historical perspective, restoring the role of sanitation in improving the quality of life and highlighting the low levels of coverage of water supply (56%) and sanitation (12%), and the precariousness of the disposal ofsolid waste in the municipalities of São Luis, Paço do Lumiar, Raposa and São José de Ribamar. In particular there is no more land available for construction of landfills, because of environmental implications in areas of watershed protection. As a result of the studies showed that water pollution in major rivers of the island with the pollution load of 60 ton / day, committing the multiple uses of the rivers Anil, Bacanga, Patience and Tibiri, as well as high rates of infectious diseases and child mortality the precariousness of Sanitation problems associatedwith the generation of 700 TPD of waste. In conclusion the study shows the need for the implementation of environmental planning, ordering the use of space and adopting techniques of control and environmental health for the population.Key words: Environmental sanitation, hydrographical basin degradation, environmental planning.

Palavras-chave


Saneamento Ambiental; Degradação das Bacias Hidrográficas; Planejamento Ambiental

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2015 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)