AS POLÍTICAS SOCIAIS NOS PLANOS DE GOVERNO DOS PRESIDENCIÁVEIS 2018 NO BRASIL E A MÍDIA

Juliana Cândido Matias, Josemir Almeida Barros

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo analisar e compreender o lugar das políticas sociais nos planos de governo apresentados pelos presidenciáveis nas eleições de 2018 no Brasil e o importante papel da mídia nesta interlocução. Após a análise dos planos de governo estabeleceram-se as categorias. Os três presidenciáveis que apareceram nos primeiros lugares nas pesquisas de intenção de votos foram considerados para a pesquisa, logo, os planos de Jair Bolsonaro (PSL), Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT) foram categorizados com o recurso do Software de análise de dados qualiquantitativos, “MaxQda”. Muitas das categorias encontradas e sistematizadas estão vinculadas às Políticas Sociais i) habitação, direitos humanos, gênero, direitos trabalhistas, entre outros; ii) Saúde; iii) educação e iv) segurança. A categorização e análise dos planos evidenciaram a secundarização das Políticas Sociais em um dos planos, o que pode gerar perdas sociais históricas. Aportes teóricos a exemplo de Faleiros (2006), Secchi (2013) e reportagens de grandes mídias como BBC News, G1 e Folha de São Paulo online, também foram utilizados para nossas análises.

Palavras-chave: Políticas Públicas. Eleições 2018. Estado. Mídias.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2178-2865.v23n1p339-355

Direitos autorais 2019 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)