AVANÇO DA AGENDA NEOLIBERAL: confrontos e resistência na implantação das Organizações Sociais em Florianópolis-SC

Valdeci Reis, Leandro Ribeiro Molina, Meimilany Gelsleichter

Resumo


Estudo teórico, com pesquisa documental e revisão de literatura, tem como objetivo relatar e analisar a conjuntura da tramitação e aprovação de Projeto de Lei que autoriza a implantação das Organizações Sociais (OSs) no município de Florianópolis-SC. Procura evidenciar os embates e confl itos envolvendo como atores os poderes executivo e legislativo, o movimento sindical e diversos seguimentos da sociedade, bem como as estratégias de resistência colocadas em curso. Aponta que o referido projeto representa um duro golpe das agências multilaterais contra o serviço público, proposta neoliberal que está em estágio mais avançado em diversos municípios Brasil afora. Enfatiza que o movimento de resistência instaurado na cidade de Florianópolis merece destaque
pelo poder de mobilização e pelo intenso diálogo travado com toda a sociedade.
Palavras-chave: Gestão de serviços públicos, mercantilização, neoliberalismo, parcerias público-privadas, participação social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2178-2865.v22n2p641-663

Direitos autorais 2019 Revista de Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Pol. públ.

ISSN 2178-2865 (online)