“SUJEITOS DE SABER” E “OBJETOS DE OBSERVAÇÃO”: considerações sobre os limites da “autoridade” e da “consagração discursiva”

Rodolpho Rodrigues de Sá

Resumo


Neste artigo, que é parte levemente alterada de um capítulo de minha dissertação de mestrado, procuro fazer uma reflexão, a partir de minha experiência de pesquisa, sobre a delicada relação entre “sujeitos de saber” (pesquisadores) e “objetos de observação” (pesquisados). A partir de algumas situações que considero especificas em minha pesquisa e produção textual, discuto os limites da “autoridade” e da “consagração discursiva” no “fazer antropológico”. Neste sentido, propõe-se relativizar o “lugar do pesquisador”, enfatizando principalmente as disputas pela autoridade discursiva que estão em jogo. Entende-se que o “pesquisador na consciência de si mesmo” é um dos principais elementos na prática de pesquisa em antropologia/em Ciências Humanas.

Palavras-chave: Pesquisador/pesquisado. Escolhas/sujeições. Proximidade/distanciament. Estar lá/estar aqui.

ABSTRACT

In this article, wich is part lightly changed from one chapter of my master’s paper, I wanted to make a reflexion, from my research experience, about the delicate relationship between the “subjects of knowledge” (researchers) and of the “objects of observation” (researcheds). From some situations that I consider specifics in my research and my texts production, I discuss the limits of the “authority” and of the “speech consecration” in the anthropologist making. In this perspective, I propose the question of the “researche’s place”, mainly emphasizing the competitions by the speech authority who are at stake. Understanding the “researcher in the conscience of himself” is one of the main elements in the pratice of research in Anthropology/ Human Sciences.

Keywords: Researcher/researched. Choices/liability. Proximity/distance. To be there/to be here.

Palavras-chave


Etnia; Educação; Pedagogia

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2011 Revista Pós Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

REPOCS

ISSN 2236-9473 (online)

ISSN 1983-4527 (impresso)