A TRADIÇÃO DO ACAIS NA JUREMA NATALENSE: memória, identidade, política

Luiz Carvalho de Assunção

Resumo


A elaboração de discursos, imagens e representaçõessobre a tradição da Jurema estápresente no cotidiano dos terreiros, procurando,em geral, marcar uma posição diferenciadana relação com as demais práticasreligiosas afro-brasileiras, inclusive no interiorda própria Jurema. A partir de pesquisaetnográfica e de entrevistas realizadas comjuremeiros da cidade de Natal – RN pretende-se refletir algumas dessas estratégias, comoàquela assumida por um grupo de religiosos,que, tomando como referência a tradiçãodo Acais, evidenciam elementos simbólicosde sua prática para compor o que étraduzido como o modelo da tradição. Pretende-se, ainda, discutir ao nível conceitual,questões acerca da dimensão identitária epolítica que perpassa o referido processo dereelaboração da tradição.

Palavras-chave


Religiões afro-brasileiras. Jurema. Tradição.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2014 Revista Pós Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

REPOCS

ISSN 2236-9473 (online)

ISSN 1983-4527 (impresso)