Royal de Luxe: teatro de rua como intervenção urbana e um olhar sobre a cidade

Anna Paula Soares Lemos, Rosane Cristina Oliveira, Viviane Jordão Pinheiro de Lima

Resumo


No presente artigo temos, a priori, o conceito de teatro e de teatro de rua como intervenção urbana;
como objeto de análise, reflexão e ilustração os trabalhos da companhia de teatro francesa Royal de
Luxe e sua importância nos espaços de urbanos, tanto do ponto de vista artístico-político, como na
inovação em relação aos espetáculos. Conceitualmente, este estudo baseia-se nos conceitos de teatro
de rua e ocupação da cidade de Carreira (2009), e de intervenção urbana, de Barja (2008). O objetivo
é perceber como a companhia e seus espetáculos com bonecos gigantes podem dialogar com a
história por onde passa, trazendo um teatro rico em significados culturais, que altera a visualidade
dos centros urbanos, criando relações diferentes com os passantes, cuja invisibilidade o é própria. Do
ponto de vista metodológico, optamos por metodologia bibliográfica e análise documental, a partir
das informações disponibilizadas via internet pela Cia Royal De Luxe.


Palavras-chave


Teatro de rua. Espaços urbanos. Intervenção urbana.

Texto completo:

PDF

Referências


BARJA, Wagner. Intervenção/terivenção: a arte de inventar e intervir diretamente sobre o urbano,

suas categorias e o impacto no cotidiano. Revista Ibero-americana de Ciência da Informação

(RICI), v. 1, n. 1, jul./dez. 2008, p. 213-218.

BERTHOLD, Margot. História Mundial do Teatro. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 2011.

BOAL, Augusto. 200 exercícios e jogos para ator e não-ator com vontade de dizer algo através

do teatro. 11. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1993.

BOAL, Augusto. Teatro do Oprimido e outras poéticas políticas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira

S.A., 1991.

CARDOSO, Ricardo José Brügger. Espaço cênico/espaço urbano: reflexões sobre a relação teatro-

-cidade na contemporaneidade. In.: TELLES, Narciso; CARNEIRO, Ana. Teatro de Rua: olhares e

perspectivas. Rio de Janeiro: E-Papers, 2005. p. 38-59.

CARREIRA, André. Teatro de rua como ocupação da cidade: criando comunidades transitórias. Urdimento

- Revista de Estudos em Artes Cênicas, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis,

v. 1, n. 13, set. 2009, p. 11-21.

DEGRANGES, Flávio. Pedagogia do teatro: provocação e dialogismo. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 2010.

GEERTZ, Manuel. A questão urbana. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

GUÉNON, Denis. A exibição das palavras: Uma ideia (política) do teatro. Tradução: Fátima Saadi.

Rio de Janeiro. Teatro do Pequeno Gesto, 2003.

JACOBS, Jane. Condições para a diversidade urbana. In.: ________. Morte e Vida de Grandes Cidades.

São Paulo: Martins Fontes, 2011.

KASHIMOTO, Emília M. et al. Cultura, Identidade e Desenvolvimento Local: conceitos e perspectivas

para regiões em desenvolvimento. Interações. Revista Internacional de Desenvolvimento Local,

Campo Grande, v. 3, n. 4, mar. 2002.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura, um conceito antropológico. 14. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

LEHMANN, Hans-Thies. Teatro pós-dramático. Tradução: Pedro Sussekind. São Paulo: Cosac e

Naify, 2007.

COMPANHIA ROYAL DE LUXE. [S.l.: s.n.], 2018a. Disponível em: .


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 2447-6498

INDEXADORES, DIRETÓRIOS:


    


  Directory of Open Access Journals      Thumbnail



 Curso OJS3 para Editor Gerente: Indexação pelo Google Schoolar    LatinREV - LatinREV updated their cover photo. | Facebook    Pedagogia na Essência: Você já conhece o Portal de Periódicos - Capes?


VISITANTES NO MUNDO DA REVISTA INTERDISCIPLINAR EM CULTURA E SOCIEDADE: