Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade tem como objetivo difundir pesquisas das áreas de Cultura e Sociedade,  com destaque para duas linhas de pesquisa. 1- Expressões e Processos Socioculturais: estudo das ações e relações entre indivíduos e comunidades, suas práticas, representações e expressões estéticas, artísticas e simbólicas, conhecimentos culturais e filosóficos, comunicação, etnicidades, sociabilidade, identidades, gêneros e memórias. Estudo das relações entre artes performáticas, linguagem, literatura e filosofia, considerando os fundamentos, os saberes e as práticas sociais e culturais, sua significação e interpretação em contextos e tempos diversificados. 2- Cultura, Educacão e Tecnologia: estudo da cultura e de suas conexões com a educação formal, informal e não-formal, considerando os fundamentos pedagógicos, o currículo, o imaginário, o meio ambiente e a diversidade cultural, a cidadania e a sustentabilidade. Investigação das formas de apropriação e difusão dos patrimônios materiais e imateriais, entendendo-os como processo dinâmico transmitido através das gerações. Relações entre patrimônio, gestão e sustentabilidade. Formas e processos de mediação da construção do conhecimento e do desenvolvimento humano, abrangendo metodologias, procedimentos e ações culturais. Investigação sobre a produção, mediação e recepção dos processos educacionais e tecnológicos, enfatizando a utilização social e cultural dessas possibilidades e recursos.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Edição completa

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Expediente

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Apresentação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático "Diálogos de Fronteira"

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Palavra do Editor

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Apresentação do Dossiê "Diálogos de Fronteira"

TEMÁTICO "DIÁLOGOS DE FRONTEIRA"

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Tradução

A seção Tradução publica traduções originais e inéditas de obras literárias ou textos críticos relevantes sobre estudos das áreas da humanidades e sociais

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Mulheres: Imprensa

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Mulheres: História

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Mulheres: Literatura

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Mulheres: Artes

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Eixo 1 - Arte, Tecnologia e Educação

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Eixo 2 - Gênero, Literatura e Filosofia

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Eixo 3 - Mídia, Patrimônio Cultural e Sociedade

Editores
  • José Ribamar Ferreira Júnior
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

História da Filosofia, criação filosófica e imagem do pensamento

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Arte, devir e resistência

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Micropolítica, vida e experimentação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Área Livre

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê - O mundo vivido à margem: geograficidade, narrativas, deslocamentos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê - A pandemia de Covid-19 e suas implicações nas relações sociais no mundo pós-pandêmico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O Processo de Avaliação por Pares e às cegas é utilizado na Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade, com o intuito de garantir credibilidade na avaliação, evitando problemas de parcialidade. Dessa maneira, os autores, bem como os revisores, devem tomar todos os cuidados, tanto na submissão pelo autor, como no envio pelo editor e na resposta do avaliador, para que não haja a revelação das respectivas identidades no processo de avaliação.

Processo de avaliação pelos pares:

a) após notificação das submissões, o estagiário da biblioteca vai verificar a possibilidade de plágio e a adequação a uma das linhas do programa antes de enviarmos os artigos para a Comissão Científica;

b) a seguir, são enviados aos pareceristas (2 avaliadores externos  por especialidade e/ou afinidade em relação ao conteúdo temático dos trabalhos sob apreciação) para análise; Tais pareceristas podem relevar conflitos de interesses que possam influenciar a avaliação do manuscrito.

c) Os pareceristas podem apresentar parecer favorável condicionado á reformulação do artigo ou trabalho congênere, apresentar sugestões de reformulação, bem como o direito de sugerir a edição do texto reformulado, desde que as eventuais reformulaçõe snão afetemo seu conteúdo. Caso o parecer indique reformulações num determinado trabalho, todos os trechos deberão ser apontados com destaque de parágrafos e ou páginas, conforme o caso.

d) Os pareceres deverão ser legíveis e apresentar uma avaliação crítica dos artigos ou trabalhos congêneres, revelando a importância dos mesmos.  

e) os artigos que estiverem em condições de serem publicados, precisando sofrer pequenas alterações serão enviados outra vez aos autores para reformulação;

f) Aos pareceristas é dado um prazo de quinze a vinte dias, a partir da data de entrega, para apresentação de parecer. Este prazo poderá ser prorrogado por um período igual ou menor, a critério do coordenador editorial, desde que a dilatação do prazo não incorra em atraso nos trabalhos de composição da edição da revista;

g) Os pareceristas deverão elaborar pareceres referentes à reavaliação do texto para o qual sugeriram alterações em parecer anterior.

h)após confirmação das alterações solicitadas, passarão pelo processo de revisão textual e normalização antes de serem enviados para a publicação.

Aceitamos trabalhos sob a forma de artigos, ensaios, entrevistas, traduções, resenha, documentos, entrevistas. Os trabalhos devem ser inéditos e podem vir em português, inglês ou espanhol.

Não aceita-se trabalho de graduados. Trabalhos de especializandos e mestrandos devem ser submetidos em co-autoria com seus orientadores.

 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Normas para publicação: instruções aos autores

A Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade não cobra custos de processamento e nem de submissão de artigos.
 
Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade  (RICS) é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e tem a finalidade de identificar limites e possibilidades da reprodução cultural e social e o papel dos diferentes atores, evidenciando como tais práticas são absorvidas, recriadas e transmitidas às gerações futuras.

A concentração em Cultura e Sociedade diz respeito à multiplicidade das investigações científicas referentes às manifestações, experiências e formas de organização social.

1 OBJETIVO

a) difundir pesquisas na área da Cultura e Sociedade com enfoque na diversidade das expressões e processos socioculturais, Cultura, Educacão e Tecnologia numa perspectiva histórica e contextualiza, buscando um quadro atualizador das práticas sociais;

b) identificar limites e possibilidades da reprodução social e cultural e o papel dos diferentes atores, evidenciando como tais práticas são absorvidas, recriadas e transmitidas às gerações futuras.

2 TÓPICOS (linhas de investigação)

LP1 - Expressões e Processos Socioculturais:

Estudo das ações e relações entre indivíduos e comunidades, suas práticas, representações e expressões estéticas, artísticas e simbólicas, conhecimentos culturais e filosóficos, comunicação, etnicidades, sociabilidade, identidades, gêneros e memórias. Estudo das relações entre artes performáticas, linguagem, literatura e filosofia, considerando os fundamentos, os saberes e as práticas sociais e culturais, sua significação e interpretação em contextos e tempos diversificados.

LP2 - Cultura, Educacão e Tecnologia:

Estudo da cultura e de suas conexões com a educação formal, informal e não-formal, considerando os fundamentos pedagógicos, o currículo, o imaginário, o meio ambiente e a diversidade cultural, a cidadania e a sustentabilidade. Investigação das formas de apropriação e difusão dos patrimônios materiais e imateriais, entendendo-os como processo dinâmico transmitido através das gerações. Relações entre patrimônio, gestão e sustentabilidade. Formas e processos de mediação da construção do conhecimento e do desenvolvimento humano, abrangendo metodologias, procedimentos e ações culturais. Investigação sobre a produção, mediação e recepção dos processos educacionais e tecnológicos, enfatizando a utilização social e cultural dessas possibilidades e recursos.

3 NORMAS DE SUBMISSÃO

A revista será em formato eletrônico e os artigos devem enquadrar-se nas orientações a seguir:

a) adequação as áreas de concentração da revista;

b) a contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista;

c) os textos devem ter a seguinte formatação: fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço entre linhas 1,5, com margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm;

d) as figuras e tabelas devem estar inseridas no texto;

e) processo de avaliação pelos pares:

- após notificação das submissões, o estagiário da biblioteca vai verificar a possibilidade de plágio e a adequação a uma das linhas do programa antes de enviarmos os artigos para a Comissão Científica;

- a seguir, são enviados aos pareceristas para análise;

- os artigos que estiverem em condições de serem publicados, precisando sofrer pequenas alterações serão enviados outra vez aos autores para reformulação;

- após confirmação das alterações solicitadas, passarão pelo processo de revisão textual e normalização antes de serem enviados para a publicação.

Aceitamos trabalhos sob a forma de artigos, ensaios, entrevistas, traduções, resenha, documentos, entrevistas. Os trabalhos devem ser inéditos e podem vir em português, inglês ou espanhol.

4 NORMAS ESPECÍFICAS

4.1 Artigos

Os textos dos artigos devem conter no mínimo 10 até 20 laudas;

a) os trabalhos devem apresentar a seguinte sequência:

– Título;

– Resumo informativo conforme ABNT/NBR 6028/2003 (de 100 a 150 palavras);

– Palavras-chave (no máximo de 06 palavras, separadas por ponto e com inicial maiúscula);

– Abstract;

– Keywords;

– Texto;

– Referências;

a) os textos direcionados a essa seção não devem ultrapassar o limite de seis (06) laudas (páginas);

b) são aceitos textos referentes a obras editadas há no máximo 03 anos;

c) as resenhas devem apresentar a seguinte sequência:

–  Título específico da resenha;

–  Nome do resenhista e instituição a que pertence;

– Referências completas da obra (Título da obra. Cidade: Editora, Ano. nº de páginas. Sobrenome e nome do autor);

– Palavras-chave: no máximo de 06 palavras;

–  Texto;

4.3 Documentos

O número de laudas não deve ultrapassar vinte (20).

a) os trabalhos devem apresentar a seguinte sequência:

– Título;

– Palavras-chave: no máximo de 06 palavras;

– Apresentação esclarecendo a relevância e a procedência dos documentos;

– Texto;

4.4 Entrevistas

O número de laudas não deve ultrapassar trinta (30).

a) os trabalhos devem apresentar a seguinte sequência:

–  Título;

–  Nome do Entrevistado e do Entrevistador;

–  Apresentação da entrevista e do entrevistado;

–  Transcrição;

 

 

Equipe

Editor-chefe

Prof. Dr. José Ribamar Ferreira Júnior, Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Brasil

Comissão Editorial

Prof. Dr. Antonio Cordeiro Feitosa, Universidade Federal do Maranhão – UFMA

Profª Dra. Ana Carolina Amorim Oliveira - UFMA

Prof. Dr. Flávio Luiz de Castro Freitas – UFMA

Profª Dra. Larissa Lacerda Menendez -UFMA

Prof. Dr. Luciano da Silva Façanha, Universidade Federal do Maranhão – UFMA

Klautenys Dellene Guedes Cutrim, Universidade Federal do Maranhão – UFMA

Prof.ª Dr.ª Monica Teresa Costa Sousa, Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Brasil

Prof.ª Dr.ª Sannya Fernanda Nunes Rodrigues, Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, Brasil

Prof. Dr. Wandeílson Silva de Miranda, Universidade Federal do Maranhão – UFMA 

Profª Dra. Zilmara de Jesus Viana de Carvalho, Universidade Federal do Maranhão – UFMA 

Conselho Científico

Ângelo Cardita, Université Laval-Quebec – Canadá

António Augusto Moreira, Universidade de Aveiro

Arturo Galán González, Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) – Madrid, Spain

Clara Coutinho, Universidade do Minho

Edmilson Menezes Santos, Universidade Federal de Sergipe – UFS

Genaro Zalpa, Coordinador da Rede Latinoamericana de Estudos Interdisciplinares do México

José Alcides Ribeiro, Universidade de São Paulo – USP

José Mauro Barbosa Ribeiro, Universidade de Brasília – UnB

Leda Maria de Barros Guimarães, Universidade Federal de Goiás – UFG

Maria Constança Peres Pissarra, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP

Maria das Graças Vieira, Universidade Federal de Paraíba – UFPB

Maria do Rosário de Fátima Valencise Gregolin, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP

Robertgo Cremades Andreu, Universidad Complutense de Madrid

Silvia Alves Fernandes, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ

Sônia Campaner Miguel Ferrari, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP

Teresa Aguado Odina, Mestrado Interuniversitario EURO-LATINOAMERICANO EM EDUCAÇAO INTERCULTURAL

Teresinha Bernardo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP

Equipe Técnica

Revisor de Português

Márcia Manir Miguel Feitosa

Clauberson Corrêa Carvalho

Revisor de Língua Estrangeira

Espanhol – José Ribamar Neres

Inglês – Andreia Mendonça Menegundes

Revisão de normalização

Bibliotecária – Adriana Silva Sales/ Maurício José Morais

Designer – Geyseane de Jesus Santos França 

Diagramador – Anissa Ayala