SOBRECARGA DO CUIDADOR DE IDOSO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Alinne Suelma dos Santos Diniz, Rafael de Abreu Lima, Bárbara Regina Souza da Silva

Resumo


Introdução: O termo sobrecarga é utilizado na literatura gerontológica para descrever os efeitos negativos da tarefa de cuidar
no cuidador. É importante avaliar a presença de estresse entre os cuidadores, pois isto pode ser um fator de risco da ocorrência
de situações de violência contra os idosos ou de comprometimento de saúde do próprio cuidador. Objetivo: Analisar, na produção
científica de profissionais da saúde, os fatores relacionados à sobrecarga em cuidadores informais de idosos. Métodos: A
seleção dos estudos desta revisão integrativa da literatura foi realizada entre dezembro de 2017 a janeiro de 2018, através do
acesso on-line em bases de dados importantes no contexto da saúde: LILACS, SciELO e BDENF. Foi realizado o cruzamento dos
determinados descritores presentes no DeCS: idoso, cuidador e estresse. Resultados: Fatores como insuficiência financeira
envolvendo a precisão de recursos materiais e humanos, afastamento de atividades profissionais, comprometimento funcional
do idoso, existência de lesões corporais e demência estão associados com o aumento ou presença da sobrecarga, enquanto que
a formação educacional, divisão de cuidado, grupos de suporte social e o relacionamento intergeracional com crianças são
fatores protetores para ocorrência de sobrecarga. Conclusão: Uma atenção integral ao idoso deve abranger não apenas seus
aspectos biológicos, mas também o contexto social e econômico. Por isso é importante que o profissional de saúde mantenha
um olhar atento também para o cuidador de idoso. O conhecimento dos fatores que estão associados à sobrecarga do cuidador
de idoso pode contribuir no direcionamento de uma assistência que inclua também o cuidador.

Palavras-Chaves: Idoso. Cuidador. Estresse.


Palavras-chave


Idoso; Cuidador; Estresse.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Revista de Pesquisa em Saúde

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Rev Pesq. Saúde

ISSN 2236-6288 (online)

ISSN 2179-6238 (impresso)