CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS E DEMOGRÁFICAS DE PACIENTES SUBMETIDOS À REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO / DEMOGRAPHIC AND CLINICAL CHARACTERISTICS OF PATIENTS UNDERGOING CORONARY ARTERY BYPASS GRAFT IN A UNIVERSITARY HOSPITAL

Daniel Lago Borges, Vinícius José da Silva Nina, Reijane Oliveira Lima, Marina de Albuquerque Gonçalves Costa, Thiago Eduardo Pereira Baldez, Natália Pereira dos Santos, Ilka Mendes Lima, Jorge Henrique da Silva

Resumo


Introdução: A avaliação pré-operatória da revascularização do miocárdio, com identificação de características clínicas e demográficas associadas aos fatores de risco cirúrgico e o desenvolvimento de medidas capazes de reduzi-los, reflete na diminuição da morbimortalidade. Objetivo: Identificar o perfil clínico e demográfico dos pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio. Métodos: Os dados foram obtidos por meio das fichas de evolução fisioterapêutica de 121 pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio no Hospital Universitário Presidente Dutra, São Luís (MA), no período de janeiro de 2011 a fevereiro de 2012. Resultados: A idade média dos pacientes foi 60,7 ± 9,1 anos, com predominância de idosos (53,7%), do sexo masculino (71,1%), procedentes de municípios do interior do Estado do Maranhão (57,9%) e com sobrepeso (44,6%). A hipertensão arterial sistêmica foi a comorbidade mais prevalente (76,9%), seguida por diabetes mellitus (46,3%) e tabagismo (31,4%). Conclusão: A maioria dos pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio foram homens, idosos, procedentes do interior do Estado, com fatores de risco clássicos para cardiopatia isquêmica. O conhecimento do perfil clínico e demográfico é importante para o planejamento de cuidados pós-operatórios pela equipe multiprofissional, visto que pacientes com risco aumentado de complicações podem ser beneficiados pela assistência fisioterapêutica no período pré-operatório.

Palavras-chave: Perfil epidemiológico. Comorbidade. Coronariopatia. Cirurgia Cardíaca.

Abstract
Introduction: The preoperative evaluation of myocardial revascularization with identification of clinical and demographic characteristics associated with surgical risk factors, as well as the development of measures that are able to reduce them may reflect in decreased morbidity and mortality. Objective: To identify clinical and demographic profile of patients undergoing coronary artery bypass graft. Methods: Data were obtained from Physical Therapy evolution forms of one hundred twenty-one patients undergoing coronary artery bypass graft at the University Hospital Presidente Dutra, from January 2011 to February 2012. Results: The mean age of patients was 60.7 ± 9.1 years old and predominance of elderly people (53.7%). Most individuals were males (71.1%), lived in the countryside (57.9%) and overweight (44.6%). Hypertension was the most prevalent comorbidity (76.9%), followed by diabetes mellitus (46.3%). Conclusion: Patients undergoing coronary artery bypass graft are mostly men. Most individuals were males living in the countryside and being overweight as well as having classical risk factors for ischemic heart disease. Thus, knowing the clinical and demographic profiles of these patients may assist in planning postoperative care by the multidisciplinary team, whereas patients with increased risk of complications may benefit from physical therapy assistance in the preoperative period.

Keywords: Health profile. Comorbidity. Coronary disease. Cardiac surgery.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2014 Revista de Pesquisa em Saúde

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Rev Pesq. Saúde

ISSN 2236-6288 (online)

ISSN 2179-6238 (impresso)