Breve ensaio a partir da amizade e da fraternidade enquanto qualidades políticas de práticas cidadãs sustentáveis

Daniela dos Santos, Ana Cristina Bacega De Bastiani, Mayara Pellenz

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo identificar a amizade e a fraternidade como categorias políticas capazes de melhorar as relações humanas, para quando experientes, eles podem ajudar a lidar com a crise de valores da sociedade atravessa. Além desta perspectiva, a amizade e fraternidade são vetores para a construção da sustentabilidade, nas suas mais diversas dimensões. Amizade como a qualidade política se identifica com Fraternidade, que desvendar a boa vida entre os seres humanos e proporcionar oportunidades para superar as desigualdades sociais, a degradação ambiental, exclusão e opressão.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Revista Húmus