Cidade e Patrimônio nos projetos Corredor Cultural e Porto Maravilha

Leopoldo Guilherme Pio

Resumo


Neste trabalho, discuto as diferenças entre o  Projeto Corredor Cultural, proposta pioneira na revitalização do centro histórico do Rio de Janeiro e o Porto Maravilha, projeto de revitalização da zona portuária.  O objetivo da pesquisa é analisar o papel das noções de memória e patrimônio cultural nos dois projetos, considerando os significados atribuídos à preservação histórica nos dois casos, e compreender os novos sentidos atribuídos à cidade do Rio de Janeiro no século XXI.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2014 Revista Húmus

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.