A educação especial nas escolas em áreas remanescentes de quilombos: a realidade mostrada pelos indicadores educacionais

Juliana Vechetti Mantovani, Taisa Grasiela Gomes Liduenha Gonçalves

Resumo


Dados revelam que é recente a preocupação com a educação especial em quilombos. Contudo, a Fundação Cultural Palmares aponta números crescentes de regularização de terras quilombolas em todo território nacional, o que fortalece o debate sobre as escolas localizadas nessas comunidades. Neste estudo, buscou-se mapear as regiões do Brasil nas quais há escolas situadas em áreas remanescentes de quilombos, observar suas características e verificar quais delas contam com a educação especial para alunos, membros das comunidades com deficiência, altas habilidades e transtornos globais do desenvolvimento, público alvo da educação especial. Para tanto, foi realizado um trabalho com indicadores educacionais do ano de 2015. A seleção deste período justifica-se no fato de serem estes os dados mais atualizados sobre a temática em estudo.Para a leitura e tratamento estatístico dos microdados da Educação Básica, foi utilizado o software IBM SPSS, Statistical Package for the Social Sciences. Foram analisados, nos microdados do censo escolar, os dados das escolas segundo a localização diferenciada, área remanescente de quilombo no ensino regular, na educação especial e atendimento educacional especializado, um dos serviços da educação especial. Além disso, foram registrados dados específicos sobre caracterização e infraestrutura das escolas. Os resultados mostram que há alunos com deficiências nas escolas localizadas em área remanescente de quilombo tentando se escolarizar e que, em condições adversas, as escolas vêm buscando cumprir seu papel. Há escolas que oferecem o atendimento educacional especializado, contudo, ainda é uma minoria.

 Palavras chave: Educação Especial. Área Remanescente de Quilombo. Escola.

 La educación especial en las escuelas en áreas remanentes de quilombos: la realidad mostrada por los indicadores educativos

 ABSTRACT

Data reveal that the concern with special education in quilombos is recent. However, the Palmares Cultural Foundation points out increasing numbers of quilombola lands regularization throughout the national territory, which strengthens the debate about schools located in the communities. This study aimed to map the regions of Brazil where there are schools located in remaining areas of quilombos, their characteristics and which have special education for students, members of communities with disabilities, high skills and global development disorders disorders, target public special education. To do so, the study was carried out with educational indicators for the year 2015. The selection of this period is justified by the fact that these are the most up-to-date data on thesubject under study. Statistical Package for the Social Sciences was used for reading and statistical treatment of Basic Education microdata. In this paper, we present a review of the literature on the education of children and adolescents in the United States. In addition, specific data on school characterization and infrastructure were recorded. The results show that there are students with disabilities in the schools located in the remaining quilombo area trying to go to school and that in adverse conditions the schools have been trying to fulfi ll their role. There are schools that offer specialized educational services, yet it is still a minority.

 Keywords: Special Education. Remaining Area of Quilombo, School.

 La Educación especial en las escuelas en áreas remanentes de quilombos: la realidad mostrada por los indicadores educativos

 RESUMEN

 Datos revelan que es reciente la preocupación por la educación especial en quilombos. Sin embargo, la Fundación Cultural Palmares señala cifras crecientes de regularización de tierras quilombolas en todo el território nacional, lo que fortalece el debate sobre las escuelas ubicadas en esas comunidades. En este estudio, se buscó mapear las regiones de Brasil em las que hay escuelas situadas en áreas remanentes de quilombos, observar sus características y verificar cuáles de ellas cuentan con la educación especial para alumnos, miembros de las comunidades con discapacidad,altas habilidades y trastornos globales del desarrollo, público objetivo de la educación especial. Por lo tanto, se realizó un trabajo con indicadores educativos del año 2015. La selección de este período se justifica en el hecho de que estos son los datos más actualizados sobre la temática em estudio. Para la lectura y el tratamiento estadístico de los microdatos de Educación Básica, se utilizó el software IBM SPSS, Statistical Package for the Social Sciences. En los microdatos del censo escolar se analizaron los datos de las escuelas según la localización diferenciada, área remanente de quilombo en la enseñanza regular, en la educación especial y atención educativa especializada, uno de los servicios de la educación especial. Además de esto, se registraron datos específi cos sobre caracterización e infraestructura de las escuelas. Los resultados muestran que hay alumnos con discapacidades en las escuelas ubicadas en área remanente de quilombo intentando escolarizarse y que, en condiciones adversas, lãs escuelas vienen buscando cumplir su papel. Hay escuelas que ofrecen la atención educativa especializada, sin embargo, sigue siendo una minoría.

 Palabras clave: Educación Especial. Área Restante de Quilombo. Escuela.


Palavras-chave


Educação Especial. Área Remanescente de Quilombo. Escola.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/2358-4319.v10n2p11-30

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Educação e Emancipação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN online 2358-4319



VISITANTE MUNDIAL