O visível e enunciável no currículo sobre gênero e sexualidade

Walkiria de Jesus França Martins, Iran de Maria Leitão Nunes

Resumo


Este artigo

analisa como se apresentam as categorias gênero e
sexualidade no processo formativo do(a) pedagogo(a) a partir
do documento político-normativo que orienta a formação deste
profissional: o currículo. O objetivo da pesquisa foi investigar a
formação docente no que concerne às temáticas gênero e sexualidade a partir da sua concepção e desenvolvimento curricular no Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Maranhão, São Luís-MA, a fim de destacar os subsídios teórico-metodológicos que orientam a formação inicial do(a) pedagogo(a). Busca-se, com apoio metodológico da análise do discurso, tal como proposta por Foucault (2008), compreender os processos subjetivos presentes nos documentos investigados, suas escolhas políticas e a forma como trataram as temáticas gênero e sexualidade. O estudo coloca em cena os discursos que legitimam o saber e o poder nos espaços formativos, campo no qual gênero e sexualidade são temáticas secundarizadas, como áreas do conhecimento e da formação humana. Destacam-se as categorias
como condição sine qua non à formação dos sujeitos possibilitadores da emancipação de outros(as).


Palavras-chave: Gênero. Sexualidade. Currículo.

 

ABSTRACT


This article examines how to present the categories gender and sexuality in the formation process of the educator from the political-legal document that guides the formation of this professional: the curriculum. The aim of this research was to investigate teacher education related to gender and sexuality issues, from its conception and curriculum development in the
School of Education at Federal University of Maranhão, São Luís - MA, in order to highlight the theoretical-methodological guide that orient the initial formation of the educator. We seek, with methodological support of discourse analysis, as proposed by Foucault (2008), to understand the subjective processes found in the studied documents, their political choices and how they treated the themes of gender and sexuality. The study shows up the discourses that legitimize knowledge and power in the  formative spaces, field where gender and sexuality are secondary
issues as knowledge areas and human development. We highlight the categories as a sine qua non condition to the formation of people that will be enablers of the others emancipation.

Keywords: Gender. Sexuality. Curriculum.


Palavras-chave


Gênero; Sexualidade; Currículo.

Texto completo:

PDF ()


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Educação e Emancipação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN online 2358-4319


FINANCIAMENTO

Agradecemos a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Estado do Maranhão (FAPEMA) pelo financiamento concedido para as publicações 2017/2019 - Edital Periódico nº 009/2017.

 

INDEXADORES E BASES DE DADOS

  Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación - México)

                       

http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/817/1/azul.jpgDiretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

  

LATINDEXSistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

  

 Directory of Open Access Journals

 

 

 Resultado de imagem para redib

VISITANTE MUNDIAL