A formação continuada dos professores do Projovem urbano: uma discussão necessária

Francisca das Chagas Lima Oliveira

Resumo


A presente Dissertação de Mestrado insere-se na Linha de pesquisa “Escola, Currículo, Formação e Trabalho Docente” da Universidade Federal do Maranhão. Este trabalho discute a formação continuada dos professores do Programa do ProJovem Urbano e tem como objetivo analisar a referida formação, desvelando as concepções pedagógicas e suas possíveis implicações para a prática pedagógica na perspectiva dos professores. Nesse estudo adotamos a metodologia da pesquisa qualitativa, por entendermos que as ações investigadas podem ser melhor compreendidas quando observadas no seu ambiente natural de ocorrência. As técnicas para a coleta de dados foram: observação de campo e entrevistas semiestruturadas. Os dados obtidos referem-se a três categorias de análises, a saber: concepção de formação continuada, concepção de prática pedagógica e concepção de ensinar e aprender. A observação de campo foi realizada no período de novembro de 2009 a abril de 2010. Participaram das entrevistas sete professoras do Núcleo 4, a coordenação pedagógica e a direção pedagógica do ProJovem Urbano em São Luís- MA e uma formadora da FUNDAR, num total de 10 sujeitos. Para analisar as questões levantadas pelo estudo, selecionamos como principais referenciais teóricos: Contreras (2002), Gadotti (1985,2000,2003,2009), Giroux (1997), Imbernón (2004,2009), Libâneo (1985,1997,2003-2004), Nóvoa (1992,1995,1997), Saviani (1985,1991,2000), Pimenta (1995,2000,2002), Tardiff (2005,2008), dentre outros. Ao abordar a formação de professores, primeiramente traçamos sua configuração histórica no Brasil da década de 1970 à década de 1990; abordamos os modelos de formação para professores no Brasil, destacando concepções e tendências, discutindo também alguns elementos que as caracterizam. Em seguida, tratamos do Programa do ProJovem Urbano como política pública e como política nacional de juventude, traçamos o percurso histórico do referido Programa e a formação continuada dos professores que atuam em São Luís-MA. Os resultados da presente pesquisa evidenciaram que os sujeitos envolvidos na pesquisa perceberam as mudanças ocorridas durante suas trajetórias no processo de formação continuada oferecida pelo ProJovem Urbano. Ressaltamos que o referencial teórico-metodológico trabalhado na formação tem se constituído para as professoras como enriquecedor da compreensão sobre a proposta educativa do ProJovem, além de estimular o empreendimento na qualificação profissional, o que tem refletido na melhoria de suas práticas educativas e, por conseguinte, na aprendizagem dos alunos, apesar de alguns limites ainda se manifestarem no cotidiano da sala de aula.

Palavras-chave


Formação Continuada. Prática Pedagógica. ProJovem Urbano.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Educação e Emancipação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN online 2358-4319


FINANCIAMENTO

Agradecemos a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Estado do Maranhão (FAPEMA) pelo financiamento concedido para as publicações 2017/2019 - Edital Periódico nº 009/2017.

 

INDEXADORES E BASES DE DADOS

  Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación - México)

                       

http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/817/1/azul.jpgDiretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

  

LATINDEXSistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

  

 Directory of Open Access Journals

 

 

 Resultado de imagem para redib

VISITANTE MUNDIAL