Iniciação e imaginário educacional nas aventuras de Pinóquio

Alberto Filipe Araújo, Joaquim Machado de Araújo

Resumo


Este artigo faz parte de uma investigação realizada no âmbito do Projecto Educação e Imaginário inscrito no Centro de Investigação em Educação (CIEd) do Instituto de Educação da Universidade do Minho (Braga), retoma algumas das contribuições trabalhadas em comunicações anteriores apresentadas em eventos científicos. Inscreve-se no paradigma metodológico da hermenêutica reflexiva e debruça-se sobre o tema do ritual iniciático, um tema recorrente em muitos dos contos e lendas. Retoma a perspectiva de Mircea Eliade e ilustra o tema da iniciação n’As Aventuras de Pinóquio, obra que tem sido objeto de múltiplas interpretações e, obviamente, de interpretações complementares que só enriquecem o sentido instaurador do respectivo conto. Procede ainda à hermenêutica da passagem significativa do tubarão e evidencia como neste conto o ritual iniciático se concretiza e interpela o imaginário educacional. Por último, desenvolve o significado da iniciação no quadro do imaginário educacional, caracterizando-o como renovação espiritual, como eufemização e superação da morte e como reencontro do homem consigo mesmo.

Palavras chave: Iniciação. Imaginário. Educação.

Abstract

This article is part of a research carried out under the Education and Imaginary Project enrolled in the Centre for Research in Education (CIEd) from the Institute of Education at University of Minho (Braga) takes up some of the contributions worked in earlier papers presented at scientific meetings. Is based on the hermeneutic methodological paradigm. It focuses on the theme of the initial ritual, a recurrent subject in many stories and tales. The theoretical framework used from Mircea Eliade allows the comprehension of the theme of initiation in The Adventures of Pinocchio. This work has been the object of several interpretations and obviously complementary interpretations enrich the creative meaning of the referred tale. The article stresses the hermeneutics of significant transition of the shark and shows how in this tale the initial ritual is achieved and questions the educational imaginary. At last, this debate stresses the meaning of initiation in the frame of the educational imaginary, by its characterization as spiritual renovation, euphemistic interpretation and overcoming of death as well as the re-encountering of Man with himself.

Keywords: Initiation. Imaginary. Education.

 



Palavras-chave


Iniciação; Imaginário; Educação;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Educação e Emancipação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN online 2358-4319


FINANCIAMENTO

Agradecemos a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Estado do Maranhão (FAPEMA) pelo financiamento concedido para as publicações 2017/2019 - Edital Periódico nº 009/2017.

 

INDEXADORES E BASES DE DADOS

  Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación - México)

                       

http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/817/1/azul.jpgDiretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

  

LATINDEXSistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

  

 Directory of Open Access Journals

 

 

 Resultado de imagem para redib

VISITANTE MUNDIAL