A avaliação da aprendizagem no ensino superior: práticas avaliativas dos professores do curso de Pedagogia da UESB - Campus de Jequié

Cacia Cristina França Rehem

Resumo


O presente estudo teve como objeto a avaliação da aprendizagem no ensino superior, no contexto do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Sudoeste da UESB Campus de Jequié. Procurou-se analisar as práticas avaliativas desenvolvidas pelo professor do ensino superior, a partir das relações estabelecidas com o currículo. Para tanto, o referencial teórico que serve de fundamento para esta dissertação está pautado nos estudos de Stufflebeam e Shinkifield, Popham, Luckesi, Hoffmann, Vianna, Mendes e outros. Os sujeitos da pesquisa foram os professores e alunos do referido curso. Os dados foram coletados através de entrevistas realizadas com os professores, questionários aplicados aos alunos e documentos sobre avaliação da aprendizagem do MEC, da Universidade e do Curso de Pedagogia. A análise dos dados revelou que o professor possui uma concepção de avaliação da aprendizagem formativa, que está a serviço da aprendizagem do aluno. No entanto, os dados apontaram que as práticas avaliativas desenvolvidas são centradas em instrumentos como prova, seminários e trabalhos em grupo e privilegiam o trabalho em grupo como metodologia de avaliação, em detrimento aos processos individuais. São resumidas a uma perspectiva de avaliação classificatória, distantes da concepção apresentada pelo professor. Constatou-se que o aluno tem uma visão crítica desse processo avaliativo e entende que é avaliado somente para cumprir rituais, receber notas e, por conseguinte, ser aprovado ou reprovado. Deste modo, percebe que essa avaliação se distancia dos elementos do currículo do curso. Foram constatadas, através da análise dos dados, divergências entre os alunos e professores com relação à caracterização das práticas avaliativas realizadas. Apesar do avanço conceitual da avaliação escolar, nos últimos anos, a pesquisa demonstrou a permanência de práticas avaliativas conservadoras, restritas a contabilização dos erros e acertos produzidos pelos alunos. Este fato revela que os professores possuem um discurso renovado, todavia não condizente com as práticas avaliativas desenvolvidas em sala de aula.

Palavras-chave: Currículo e práticas avaliativas. Avaliação da aprendizagem. Ensino Superior. Avaliação da aprendizagem.

 

 


Palavras-chave


Currículo e práticas avaliativas; Avaliação da aprendizagem; Ensino Superior; Avaliação da aprendizagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18764/

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista Educação e Emancipação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN online 2358-4319


FINANCIAMENTO

Agradecemos a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Estado do Maranhão (FAPEMA) pelo financiamento concedido para as publicações 2017/2019 - Edital Periódico nº 009/2017.

 

INDEXADORES E BASES DE DADOS

  Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación - México)

                       

http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/817/1/azul.jpgDiretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

  

LATINDEXSistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

  

 Directory of Open Access Journals

 

 

 Resultado de imagem para redib

VISITANTE MUNDIAL