LEVANTAMENTO EPIDEMIOLÓGICO DA MALÁRIA NO ESTADO DO MARANHÃO, BRASIL NOS ANOS DE 2007 A 2012

Ericka Miranda Mesquita, Thayanne França Muniz, Amanda Letycia da Silva Sousa, Carolina Xavier Lima Brito, Samara Cristina Moraes Nunes, Marcos Augusto Grigolin Grisotto

Resumo


A malária é um problema global e signifcativo para a saúde pública, atingindo entre 300 e 500 milhões de pessoas e
ocasionando aproximadamente dois milhões de óbitos anualmente. A malária é endêmica no Brasil, especifcamente na região da Amazônia Legal, com média de 500 mil casos ao ano.  Das 156 espécies de plasmódio, somente cinco estão associadas à etiologia em humanos: Plasmodium vivax, P. falciparum, P. malariae, P. ovale e P. knowlesi. O presente estudo teve por objetivo  realizar um  levantamento epidemiológico dos casos de malária no Estado do Maranhão entre os anos de 2007 e 2012, através da análise de dados de  indivíduos  infectados disponível no Sistema de Vigilância Epidemiológica - SIVEP/MALÁRIA. Foram avaliados os seguintes parâmetros: número total de casos por ano, índice parasitário anual (IPA), origem da contaminação (casos autóctones ou importados), distribuição dos indivíduos acometidos por idade e sexo além da espécie de parasito causador. De 2007 a 2012 houve uma redução progressiva do número casos notifcados de malária no Estado do Maranhão, com consequente redução do IPA, exceto no ano de 2009. Verifcou-se a prevalência de casos de malária em indivíduos do sexo masculino, em idade adulta (de 20 a 39 anos), sendo a maioria dos casos por transmissão autóctone. No Maranhão, bem como na Amazônia Legal, a grande maioria de casos de malária foi causada por Plasmodium vivax.

Descritores: Malária. Plasmodium sp. SIVEP. Maranhão.

Abstract

Epidemiological survey of malaria cases  in the state of Maranhão, Brazil from 2007 to 2012. Malaria is a global problem with great  impact  in public health, affecting between 300 and 500 million people and causing nearly  two million deaths annually. Malaria is endemic in Brazil, specifcally in the Amazon region, with the average of 500.000 cases per year. Over 156  species of Plasmodium are known, but only fve are associated with disease  in humans: Plasmodium vivax, P. falciparum, P. malariae, P. ovale and P. knowlesi. The aim of this study was to perform an epidemiological survey of malaria cases in the state of Maranhão, during the years of 2007 to 2012, by analyzing the data of infected individuals available at  the Epidemiological Surveillance System- SIVEP/MALARIA. The following parameters were analyzed: total number of cases per year, the annual parasite incidence (API), source of contamination (indigenous or imported cases) and distribution of affected individuals by age, sex and species of infecting parasite. From 2007 to 2012 there was a progressive reduction of notifed malaria cases in Maranhão, as well as the API, except in the year of 2009. The cases of malaria were prevalent in males, aged mostly from 20 to 39 year old, and were due to indigenous contamination. In Maranhão, as well as in the Amazon region, the vast majority of the malaria infections were caused by Plasmodium vivax.

Descriptors: Malaria. Plasmodium sp. SIVEP. Maranhao.


Palavras-chave


Malária. Plasmodium sp, SIVEP; Plasmodium vivax; Epidemiologia; Amazônia legal;

Texto completo:

PDF


Rev Cienc Saude

ISSN 2526-6179 (online)

ISSN 1516-7534 (impresso)