ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E PREVALÊNCIA DE ENTEROPARASITOSES EM CRIANÇAS DO BAIRRO JAMBEIRO, SÃO LUÍS, MA

Francisco Marcos A. Silva, Mayara Ingrid Sousa Lima, Thiago A. Souza, Eliza Vanessa Carneiro Alves, Eder Magalhães Silva Fialho, Bruno Almeida, Jaqueline Pinho Diniz, Lana Gabriela Mendes, Rafael Cabral Borges, David Barros Muniz, Ana Claudia S. C. Bastos, Thaysa A. P. Figueiredo, Odylon Teixeira Melo, Adenilde Ribeiro Nascimento, Gisele Garcia Azevedo

Resumo


A carência de condições básicas de higiene e saneamento, aliadas à falta de limpeza dos reservatórios de água e a não utilização de água fltrada ou fervida, intensifcam a ocorrência de problemas de saúde pública. Com o intuito de contribuir para a conscientização da população acerca dos problemas de saúde decorrentes da contaminação da água, realizou-se no Bairro do Jambeiro, localizado nas mediações da Universidade Federal do Maranhão, um projeto interdisciplinar que visou, pela divulgação dos dados da pesquisa científca, avaliar a água utilizada pelos moradores através de análise físico-química, microbiológica e parasitológica, de modo que os resultados permitissem a conscientização, através de atividades educacionais dos moradores. Os resultados endossam a precariedade de condições sanitárias encontradas nessa comunidade. Os poços, as torneiras e o córrego apresentam níveis de contaminação acima do recomendável pela Resolução CONAMA e ANVISA, sendo, portanto, impróprias para o consumo. Os exames parasitológicos revelaram alta prevalência (91%) de enteroparasitoses nas crianças. A partir desses resultados os integrantes do projeto e seus parceiros realizaram palestras destinadas à comunidade sobre os meios de tratamento da água, biologia dos parasitas e medidas profláticas das principais verminoses. Concomitante, ocorreu a entrega e esclarecimentos dos laudos da análise físico-química, microbiológica e parasitológica, onde houve a distribuição de remédios às crianças que estavam infectadas.


Descritores:  Enteroparasitos; Epidemiologia; Prevalência.

Abstract: The lack of basic conditions hygiene and sanitation, allied to grubbiness of water reservoirs and no use of fltered or boiled water, enhance the occurrence of health public problems. With the aim of contribute to awareness of the population about the health problems resulting from the water contamination, was held in the District of the Jambeiro, located near the Federal University of Maranhão, an interdisciplinary project the aimed, by disclosure of scientifc research, to evaluate the water used by population through physico-chemical, microbiological and parasitological analyses, so that the results allow awareness through educational activities of population. The results comproved the precarious sanitary conditions found in this community. The level contamination of the wells, taps and stream is higher than recommended by Resolution CONAMA and ANVISA, therefore, unft for consumption. The parasitological revealed a high prevalence (91%) of intestinal parasites in children. Based on these results the members of the project and its partners held talks for the community about the water treatment, biology of parasites and worms and of
the main prophylactic measures. Concomitantly, there was the delivery and clarifcation of reports of physico-chemical, microbiological and parasitological, where there was the distribution of drugs to children who were infected.

Descriptors: Enteroparasites; Epidemiology; Prevalence.


Palavras-chave


Enteroparasitos; Epidemiologia; Prevalência

Texto completo:

PDF


Rev Cienc Saude

ISSN 2526-6179 (online)

ISSN 1516-7534 (impresso)