Littera on line

Periódico semestral ligado ao Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Maranhão (PGLetras-UFMA)

Missão: Destina-se à publicação de trabalhos científicos e culturais produzidos por docentes (mestres e doutores), pesquisadores e discentes ligados a programas de pós-graduação da UFMA e de outras instituições de ensino.

Qualis CAPES: B5 Letras/Linguistica

Indexação:


Imagem para capa da revista

Os trabalhos devem ser inéditos. Além de artigos científicos, admite a publicação de resenhas de obras recentes (de no máximo dois anos) e entrevistas.

Notícias

 

Chamada para publicação: v.7, n.11 (Estudos Literários) e v. 7, n.12 (Estudos da Linguagem)

 

Volume 7, Número 11 (Estudos Literários):

Seção temática: 1956, 60 anos de Grande sertão: veredas e da Poesia Concreta

“Abalos sísmicos” literários, como se sabe, não acontecem a todo instante. Tampouco seus efeitos podem ser mensurados no momento mesmo em que se processam e eclodem. Seis décadas após, é inegável que, no Brasil, o ano de 1956 representou um desses raros momentos em que uma série de acontecimentos literários acarretou impactos cujas reverberações até hoje são sentidas. A revista Littera online decidiu homenagear esse momento, tão decisivo para a cena literária brasileira, abrindo uma chamada de trabalhos que abordem, especial, mas não exclusivamente, os dois principais acontecimentos literários ocorridos no referido ano: o lançamento oficial da Poesia Concreta por parte do grupo Noigandres e a publicação deGrande sertão: veredas de Guimarães Rosa. Trabalhos que tratem de outras obras vindas a lume em 1956, tais comoDuas águas de João Cabral de Melo Neto, Encontro marcadode Fernando Sabino e Corpo de baile de Guimarães Rosa, também serão bem-vindos. Serão acatadas, também, contribuições que reflitam sobre o debate crítico/teórico suscitado por essas publicações/lançamentos ou sobre o diálogo travado por outras artes (cinema, pintura, música) com essas obras.

Seção livre: artigos, resenhas e entrevistas relacionados aos Estudos Literários.

Prazo para recebimento dos trabalhos: 06/06/16

Previsão para publicação: agosto de 2016

 

Volume 7, Número 12 (Estudos da Linguagem):

Seção temática: Das materialidades da Memória: linguagens e sujeitos

A memória, como fenômeno social, que restitui a história, constitui um dos temas recorrentes no dispositivo teórico da Análise de Discurso francesa (AD), campo do saber que toma o objeto discursivo na confluência entre língua, história e sujeitos. Na perspectiva da AD, é principalmente por meio das linguagens, em suas múltiplas materialidades, que a memória se edifica, desloca-se, ganha forma. Este número da Littera online recebe trabalhos voltados para temas ligados ao estudo da memória, na esfera dos estudos da linguagem.

Seção livre: artigos, resenhas e entrevistas relacionados aos Estudos da Linguagem.

Prazo para recebimento dos trabalhos: 06/06/16

Previsão para publicação: agosto de 2016

 

Obs.: os trabalhos devem ser enviados, exclusivamente, para o e-mail: revistalittera@ufma.br

 

 
Publicado: 2016-04-11
 
Outras notícias...

v. 6, n. 10 (2015)

Sumário

Artigos

A nomeação dos topônimos: memória e história em confronto entre o passado e presente PDF
Teresinha Baldez e Silva, Pedro Henrique de Moraes
ANÁLISE DOS IDEAIS LIBERTÁRIOS PRESENTE NOS PERIÓDICOS A LANTERNA E O DESPERTAR PDF
Sueder Souza
ANÁLISE SOCIAL E DISCURSIVA NAS CAPAS DA REVISTA ÉPOCA PDF
Romário Sanches, Rayniere de Sousa
No rastro da prática tradutória de Machado de Assis PDF
Diego Flores
Leitura de imagem nas ilustrações do romance filosófico de Rousseau como expressão do Pré-Romantismo PDF
Luciano Façanha, Lussandra de Carvalho
AS RELAÇÕES DIALÓGICAS NA PRODUÇÃO DE ‘MEMES’ NA INTERNET PDF
Claudemir Sousa
CONSTRUÇÃO DE SENTIDO: análise no gênero capa de revista PDF
Lourdes Cardoso e Silva, Luís Rodolfo Cabral
O GÊNERO RESENHA NA SALA DE AULA: DESENVOLVENDO AS CAPACIDADES DE LINGUAGEM PDF
Paulo Lima

Ficha Técnica

Ficha técnica PDF
 


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Littera online

ISSN 2177-8868