A AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM À LUZ DE UM PARADIGMA TEÓRICO DE COGNIÇÃO

Felipe Flores Kupske

Resumo


Nos estudos de aquisição, é crescente o reconhecimento da relevância de se pensar esse processo a partir de um prisma teórico de cognição. No presente trabalho, desta forma, lançaremos luz sobre dois paradigmas de aquisição. Primeiramente, introduziremos o gerativismo chomskyano, calcado em bases biológicas da aquisição. Dando continuidade, detalharemos o Conexionismo, calcado nos achados das neurociências. Nossa meta, neste trabalho, não é apontar a supremacia de um paradigma específico, mas disponibilizar parâmetros de comparação entre os dois modelos, além de trazer à tona, aos olhos da ciência brasileira, o paradigma conexionista que ainda se encontra às margens dos estudos de aquisição.

Palavras-chave: Aquisição da Linguagem. Gerativismo. Conexionismo.

Abstract

In the realm of the acquisition studies the relevance of thinking the acquisition process through the light of a theoretical paradigm of cognition is growing. Therefore, in this paper we aim to throw some light on two acquisition paradigms. Firstly, we will introduce the chomskyan generativism, based on the biological basis of acquisition. After that, we will detail connectionism, based on the findings of neurosciences. Our aim is not to point out the supremacy of a specific model, but to provide benchmarks between two models. Besides, we want to bring to light the connectionist paradigm that is left aside in the Brazilian studies on acquisition.

Keyword: Language Acquisition. Generativism. Connectionism.


Palavras-chave


Aquisição da Linguagem; Gerativismo; Conexionismo;

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2012 Littera on line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Littera online

ISSN 2177-8868

Indexação:

Resultado de imagem para latindex

Resultado de imagem para miar Information Matrix for the Analysis of Journals

Sumários.org