FORMA E FUNÇÃO: UMA ANÁLISE DA CONFIGURAÇÃO DO GÊNERO EDITORIAL NAS REVISTAS MUNDO ESTRANHO E SUPER INTERESSANTE

Felipe Jacob

Resumo


Os gêneros textuais são efetivações de enunciados em situações de uso com certa regularidade. E na tipologia dos gêneros, o editorial é um dos mais curiosos por funcionarem no meio jornalístico como expositores de posicionamento acerca de determinado assunto e demarcarem a identidade editorial da revista. Desta forma, o presente artigo pretende, na perspectiva de Miller (2012), Bakhtin (2003), Bhatia (1997), Carvalho (2005), Martins (2008), explorar o gênero através das categorias de análise delimitadas como: função comunicativa, parâmetro de situação social, estilo e a interação com o público leitor. Ou seja, o intuito da pesquisa é observar e caracterizar o comportamento do editorial nas revistas Mundo Estranho e Super Interessante, pertencentes ao Grupo Abril e estabelecer uma análise comparativa entre as categorias e verificar de que maneiras se dá a interação da instituição-revista com leitor-consumidor.

 


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Littera on line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Littera online

ISSN 2177-8868

Indexação: