ANÁLISE CONTRASTIVA DOS MOVIMENTOS RETÓRICOS DO GÊNERO PREFÁCIO EM LIVROS DE QUÍMICA E LINGUÍSTICA

Ana Claudia Araujo

Resumo


RESUMO: Este artigo trata de uma análise dos movimentos retóricos de prefácios de livros de Química e de Linguística, embasada na retórica contrastiva apresentada por Carvalho (2005) em seu estudo sobre resenhas acadêmicas à luz da sociorretórica, em wales (1990; 2004), Araujo (1999), Bakhtin (2003), Devitt (2004), Bezerra (2006, 2009), Motta-Roth (1998), Miller (2012), entre outros autores que abordam sobre a análise de gêneros. Objetivamos identificar semelhanças e diferenças na configuração dos dois sistemas retóricos. Procedemos à investigação das regularidades de cada corpus, observamos os movimentos retóricos e estabelecemos a análise contrastiva. Os resultados demonstram que há semelhanças e divergências na movimentação retórica dos prefácios das áreas investigadas, manifestadas através de subfunções particulares em cada sistema. A análise nos propiciou constatar, ainda, que os gêneros enquanto ação social apresentam regularidades, todavia, em virtude de se realizarem em situações de interação, podem apresentar contrastes dentro de uma mesma classe.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Littera on line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Littera online

ISSN 2177-8868

Indexação: