O feminino na literatura colonial brasileira: representações nos livros didáticos do Ensino Médio

Eudma Elisbon

Resumo


Resumo: Este texto propõe uma investigação concentrada em compreender como os estereótipos femininos presentes na literatura colonial brasileira, disseminados pela historiografia e pela crítica literária, são apropriados, incorporados e reproduzidos pelos livros didáticos – um objeto/suporte que, a despeito de todo o processo de marginalização histórica, cumpre um papel basilar enquanto elemento de divulgação e consolidação de conceitos culturais. Mais do que isso, o livro didático afeta a compreensão do mundo e de si de milhares de educandas e educandos de todo o Brasil. Desse modo, sugerimos perscrutar as formas como o livro didático de Ensino Médio, notadamente a partir dos tópicos de literatura, relaciona-se aos discursos e práticas literárias e sociais no que se refere à presença/ausência da mulher na literatura brasileira colonial.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2015 Littera on line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Littera online

ISSN 2177-8868

Indexação:

Resultado de imagem para latindex

Resultado de imagem para miar Information Matrix for the Analysis of Journals

Notícias