A (DES)CONSTRUÇÃO DE CRENÇAS DE UMA PROFESSORA DE LÍNGUA INGLESA: um estudo de caso autobiográfico

Geralda Ferreira

Resumo


Este estudo tem como objetivo geral analisar a minha experiência como aluna e professora de língua inglesa, no sentido de observar as crenças formadas nesse processo. Mais especificamente, procuro analisar se ocorreu uma mudança de crenças e o processo pelo qual ocorreu tal mudança. Este trabalho fundamentou-se em estudos sobre Crenças (SADALLA, 1998; BARCELOS, 2006; DUFVA, 2003), Auto-Crenças (DÖRNYEI, 2009; KUBANYOVA, 2009) e Mudança de crenças (PESSOA & SEBA, 2006; BARCELOS, 2007; POSTNER ET AL, 1982). A abordagem teórico-metodológica deste trabalho é o estudo de caso autobiográfico. Os achados apontam para uma mudança de crenças em relação à aprendizagem de língua inglesa desencadeada por novas experiências. A análise dos dados também mostra a minha dificuldade em transpor a nova crença adquirida como aluna para a minha prática pedagógica.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2014 Littera on line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Littera online

ISSN 2177-8868

Indexação:

Resultado de imagem para latindex

Resultado de imagem para miar Information Matrix for the Analysis of Journals

Sumários.org