Infestações de Simulium pertinax e suas relações com o desequilíbrio ambiental em Celina, Alegre-ES

Daniele Soroldani Pereira, Natiélia Oliveira Nogueira, Amarilson de Oliveira Candido, Paulo Alves, Eliane de Queiroz Lemes

Resumo


O saneamento básico é um dos mais graves problemas encontrados na sociedade contemporânea, principalmente nos países em desenvolvimento, problema esse originado do crescimento surpreendente das cidades nas últimas décadas e da falta de planejamento e estrutura para se adequar a essa mudança tão abrupta. Grandes aglomerações de pessoas vivendo em condições sanitárias precárias, sem tratamento e destinação correta para seus dejetos, e, muitas vezes com esgotos a céu aberto, proporcionando situações propícias ao aparecimento de animais que necessitam dessas condições para sobreviver. Um desses animais é o mosquito Simullium pertinax, conhecido vulgarmente como “borrachudo”, animal que é vetor de várias doenças que atingem o ser humano, causando muito incômodo e várias complicações de saúde. Nesse trabalho, pretendeu-se abordar as várias causas do aumento desordenado das populações de borrachudos decorrentes de todo esse processo antrópico, e, não menos desordenado, do qual a sociedade tem grande, ou, até mesmo total parcela de responsabilidade.


Palavras-chave


Entomologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.0000/rtcab.v6i2.759

Direitos autorais 2012 Revista Trópica: Ciências Agrárias e Biológicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Tróp.: Ci. agr. biol.

ISSN 1982-4831