ARTIGO: EFEITOS DE PERÍODOS DE COMPETIÇÃO NAS CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS DE GRÃOS DE SOJA

Evander Alves Ferreira, Alexandre Ferreira da Silva, André Cabral França, Leandro Galon, Germani Concenço, Francisco Affonso Ferreira, Ignacio Aspiazú, Antonio Alberto da Silva

Resumo


As perdas no rendimento das culturas causadas pela interferência das plantas daninhas são variáveis com as condições de manejo da lavoura. O objetivo desse estudo é avaliar o efeito de períodos de competição de plantas daninhas com a cultura da soja em sistemas de plantio direto e sistema convencional nas características morfológicas de grãos da soja. Foram realizados três experimentos (1° plantio direto em baixa infestação; 2° e 3°
plantio convencional em área com média e alta infestação, respectivamente). Foi utilizado
delineamento experimental de blocos casualizados com 10 tratamentos (controle de plantas daninhas a partir de 5, 10, 15, 21, 28, 35, 42 e 49 DAE com glyphosate na dose de 1.440 g ha-1), uma testemunha livre de infestação, e outra constantemente infestada com quatro repetições. Com incremento do período de infestação o tamanho e peso das sementes passaram a decair até o período máximo de infestação. As plantas que cresceram no sistema de plantio direto em condições de baixa infestação de plantas daninhas produziram sementes com maior peso e tamanho do que aquelas cultivadas nos sistemas de plantio convencional em área com média e alta infestação. Concluiu-se que quanto maior a infestação de plantas daninhas maior será o efeito negativo sobre os componentes do rendimento de grãos.
Palavras-chave: Tamanho de grãos; Semeadura direta; Plantas daninhas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.0000/rtcab.v3i2.41

Direitos autorais 2010 Revista Trópica: Ciências Agrárias e Biológicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Tróp.: Ci. agr. biol.

ISSN 1982-4831