ARTIGO: AVALIAÇÃO FITOSSANITÁRIA DE SEMENTES DE PINHÃO-MANSO PROVENIENTES DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI

Wânia dos Santos Neves, Douglas Ferreira Parreira, Paulo Afonso Ferreira, Everaldo Antônio Lopes

Resumo


O pinhão-manso (Jatropha curcas) é considerado uma importante fonte de óleo para produção de biodiesel.
Devido à expansão desta cultura pelo país, fitopatógenos podem ser disseminados por meio de sementes infectadas. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar o aspecto sanitário de sementes de pinhão-manso provenientes dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. A presença de patógenos associados a sementes foi avaliada por meio de teste de sanidade (Blotter test) e germinação em leito de areia em casa de vegetação. Fusarium sp., Rhizoctonia sp. e Alternaria sp. foram os principais fungos encontrados no teste de sanidade. A germinação das sementes foi de 68%. Baseados nestes resultados, estratégias fitossanitárias devem ser estabelecidas com o objetivo de reduzir a disseminação de patógenos por meio de sementes de pinhão-manso.
Palavras-chave: Biodiesel; Patologia de sementes; Teste de blotter.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.0000/rtcab.v3i2.38

Direitos autorais 2010 Revista Trópica: Ciências Agrárias e Biológicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Tróp.: Ci. agr. biol.

ISSN 1982-4831