A REDENÇÃO DA TV E DO VIDEOGAME. SIM, É SURPREENDENTE!

Larissa Leda Fonseca Rocha

Resumo


ResenhaJOHNSON, Steven. Surpreendente!: A televisão e o videogame nos tornam mais inteligentes. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

Desde o início do seu livro Steven Johnson nos apresenta qual sua hipótese geral de trabalho e nos indica claramente o caminho que pretende seguir para nos demonstrar o que sugere o subtítulo de seu livro: como o consumo da televisão e do videogame proporcionou um aumento significativo de nossas habilidades cognitivas. O autor nos diz que há, hoje, um tipo novo e diferente de educação que não está acontecendo nas salas de aulas ou com livros repousados sobre os colos de leitores assíduos dos clássicos de literatura, mas em telas de televisão e computadores, em porões de casa e sofás confortáveis e que está sendo realizado pela maioria dos consumidores de entretenimento da era digital, é o que chama de Curva do Dominhoco. “Os tipos mais degradantes de diversão de massa – videogames e filmes violentos de televisão, bem como as sitcoms (comédias de costumes), próprias para jovens –, no final das contas, revelaram ser saudáveis” (p. 8). Ao contrário da posição corrente que considera que a indústria cultural promove uma cultura de massa rasa e imbecilizada, Johnson afirma que o que está acontecendo é justamente ao contrário, do ponto de vista intelectual a cultura está cada vez mais sofisticada e não em direção à bancarrota absoluta.


Texto completo:

PDF


Cambiassu Est. Comun.

ISSN 2176-5111

INDEXADORES E BASES DE DADOS