COMPORTAMENTO HEMOLÍTICO DE BACTÉRIAS DO GÊNERO Streptococcus Rosenbach, 1884 EM MEIO DE CULTURA PRODUZIDO COM SANGUE DE TARTARUGA DE ÁGUA DOCE Trachemys adiutrix Vanzolini, 1995.

Rafael Tagori de M.C. Martins, Valério Monteiro Neto, Larissa Nascimento Barreto, Israel Viegas Moreira

Resumo


Este trabalho apresenta dados sobre o comportamento hemolítico de bactérias do gênero Streptococcus, causadoras de Pneumonia e da Síndrome do Choque Tóxico, em meios de cultura fabricado com sangue de tartaruga de água doce Trachemys adiutrix. Esta tartaruga tem sido estudada por sua endemicidade no Estado do Maranhão, resistência a ambientes desérticos e por apresentar anomalias congênitas com causas ainda indeterminadas. Nossos resultados mostraram diferenças na coloração do meio fabricado com sangue de tartaruga em oposição ao meio normal no qual se utiliza sangue de carneiro. Diferenças também foram observadas quanto ao tempo de crescimento das colônias bacterianas. Quanto à atividade hemolítica, nenhuma diferença foi constatada sugerindo que as hemolisinas bacterianas atuam com a mesma intensidade no sangue de mamíferos e de tartarugas.

 

ABSTRACT

Hemolytic behavior of Streptococcus bacterium in culture mean made with freshwater turtle blood Trachemys aidutrix Vanzolini, 1995

This work presents data about the hemolytic behavior of Streptococcus bacterium to cause diseases such as Pneumonia and Toxic Shock Syndrome, in culture mean made with freshwater turtle blood Trachemys adiutrix species. This turtle has been studied by its endemicity in Maranhão state, resistence to the desert environments and by presenting congenital anomalies with unknowed causes. Our results showed differences in coloration of the mean made with turtle blood to the contrary to the normal mean where to use sheep blood. Also, differences were observed as to the growth time bacterium colonies. For the hemolytic activity no difference was observed what suggest that the bacteriotoxins to act with the same intensity in mammal and turtle bloods.


Palavras-chave


tartarugas, bactérias, Streptococcus, Pneumonia.

Referências


KONEMAM, EK; ALLEN, SD; JANDA, WM; SCRECKENBERGE, PC, WINN Jr, WC 1997.Color Atlas and textbook of. Diagnostic Microbiology. 5a Ed. Lippincott.

MARTINS, L.T. 2002. Streptococcus e Enterococcus p 157-170

In: Microbiologia 3ª edição. Trabulsi, L.R., Ed. Atheneu, Sp.

MARTINS, R.T. BARRETO, L. &PEREIRA-MARTINS, S.R. 2003 Observação de anomalias congênitas em tartarugas de água doce Trachemys adiutrix (Vanzolini, 1995) em ambiente natural.Bol.Lab.Hidrobiol, (16): 75-76 p 157-170.

MOURA,W.L.;MATSUSHIMA.E.R; OLIVEIRA,.L.W; EGAMI .M.I. Morphological and cytochemical observations of blood cells of Caiman crocodilus yacare (Daudin, 1802) (Reptilia, Crocodilia). Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. Vol.36 n.1 São Paulo 1999.

MURRAY, P.R.; ROSENTAL K.S., KOBAYASHI, G.S., PFALLER, M.A.2000. Microbiologia Médica. 3ª ed.Guanabara-Koogan, RJ.

OPLUSTIL, C.P., ZOCCOLI C.M., NINA R.T. 2004 Procedimentos Básicos em Microbiologia Clínica. 2ª ed. Ed. Sarvier.,SP.

PRITCHARD, P.H.C. & TREBBAU, P. 1984. Kinosternon scorpioides scorpioides (Linnaeus, 1766). In: The Turtles of Venezuela, Soc. For The Study of Amphibians and Reptils. Oxford

RICKLEFS, R. 1996. A economia da natureza.Ed. Guanabara Koogan, RJ .

TRABULSI, L.R. 2002. Bactérias de Interesse Médico In: Microbiologia 3ª edição. Trabulsi, L.R., Ed. Atheneu, Sp. P 119-121.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)