ASPECTOS DA DISPONIBILIDADE E DOS USOS DA ÁGUA NA BACIA DO RIO BACANGA/ ILHA DO MARANHÃO (I. DE SÃO LUÍS) - MA

Cristiano J. da C. Coelho, Eduardo Damázio

Resumo


A ilha do Maranhão tem sofrido com sérios problemas de falta de água para diferentes usos. Isso ocorre principalmente devido a crescente demanda por água, decorrente do intenso crescimento populacional, industrialização e aumento no número de estabelecimentos comerciais. Assim a bacia do rio Bacanga localizada na ilha do Maranhão (I. São Luís), com 23,7% da população da Ilha, contribui com 18% da totalidade de água disponibilizada para a mesma. Por isso foi escolhida para a realização deste estudo, que teve como objetivo, evidenciar cenários de sustentabilidade hídrica. Os quais permitiram estabelecer a potencialidade, a disponibilidade e a demanda de água, além de identificar e analisar os processos e ou intervenções, responsáveis pela redução da disponibilidade de água nessa área, tornando mais simples e objetivo o planejamento e a gestão dos recursos hídricos na área da bacia.

 

Abstract

 

Aspects of the Availability and the Uses of the Water in the Basin of Rio Bacanga/Island of the Maranhão (I. of São Luís) - MA.

 

The island of  Maranhão has suffered with serious problems of shortage of water for different uses.  This occurs mainly due to the increasing demand for water, decurrent of the intense population growth, industrialization and increase in the number of commercial establishments.  Thus basin of river Bacanga located in island of Maranhão (I. São.Luís), with 23,7% of the population of the Island, contributes with 18% of the total of hydric availability for the same one.  Therefore it was chosen for the accomplishment of this study, that had as objective, to evidence scenes of hidric sustentability.  Which had allowed to establish the potentiality, the availability and the demand of water, besides identifying and analyzing the processes and / or interventions, responsible for the reduction of the water availability in this area, becoming more simple and objective the planning and the management of the hidric resources in the area of the basin.

 

Keywords:  hydric sustentability;  water potentiality, availability and demand; management of hydric resources.


Palavras-chave


sustentabilidade hídrica; potencialidade, disponibilidade e demanda de água; Gestão de Recursos Hídricos.

Referências


ALCÂNTARA, E.H., SANTOS, M.C.F.V. 2002.Metodologia para estudos básicos em hidrologia aplicados a pequenas bacias hidrográficas- UFMA, São Luís.

BEEKMAN, G.B. 1999.Gerenciamento integrado dos recursos hídricos, IICA, Brasília, 64p.

BEREZUK, A. G.; et al. Água Subterrânea: uma questão a ser debatida e quantificada. LIN, S. D. Groundwater.In:LEE, C.C. & LIN, S. D. 2000.Handbook of environmental engineering calculations. New York: McGraw-Hill, 1223 – 1261.p

BRASIL. 1980. Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste-Sudene (1980)- Plano de aproveitamento integrado dos recursos hídricos do Nordeste do Brasil (PLIRHINE) Fase I. Recife, Sudene, (Vários volumes).

CAEMA. 2001. Ampliação do Sistema Produtor do Itapecuru: EIA-RIMA. Volume I. São Luís.

CAEMA. 2003. Plano Diretor de Abastecimento de Água da Ilha de São Luís: Estudo da Ocupação na Região a Ser Atendida. 1ºrelatório. 3ª ed. Volume único. São Luís.

CAEMA. 2005. Fichas técnicas dos poços da Ilha por zonas. São Luís.

GONDIM FILHO, J. G. C. 1994. Sustentabilidade do desenvolvimento do semi-árido sob o ponto de vista dos recursos hídricos. Brasília: SEPLAN-PR, 102P. (Projeto ARIDAS).

IBGE. 2004. Projeção da População do Brasil por Sexo e Idade para o Período 1980-2050-Revisão 2004 (Metodologia e Resultados)- Estimativas anuais e Mensais da População do Brasil e das Unidades da Federação: 1980-2020 (Metodologia)-Estimativas das Populações Municipais (Metodologia), Rio de Janeiro, 84p.

LABOHIDRO. 1994. Estudo do Plâncton (fito e zooplâncton) e de Fatores Físicos e Químicos na Região Estuarina das Rios Anil e Bacanga, São Luís, UFMA, 89p.

LABOHIDRO. 1998. Diagnóstico Ambiental do Estuário do Rio Bacanga, Ilha de São Luís-MA:Caracterização química e biológica (Relatório Final jan-dez/97), São Luís, UFMA, 122p.

LABOHIDRO. 1999. Diagnóstico Ambiental do Estuário do Rio Bacanga, Ilha de São Luís-MA:Caracterização química e biológica (Relatório DO 1º termo aditivo Out/98-agosto/99), São Luís, UFMA, 57p.

MARANHÃO. 2002. Atlas do Maranhão, São Luís: GEPLAN / LABGEO-UEMA.

PIDU. 1995. Plano Integrado de Desenvolvimento Urbano de São Luís-PIDU, São Luís: Prefeitura municipal de São Luís,

SEMATURCVRD. 1992. Plano de Manejo do Parque Estadual do Bacanga, São Luís-MA.

SOUSA, S. B. 1998. Sustentabilidade Hídrica da Ilha do Maranhão.IN: Pesquisa em Foco, São Luís: UEMA/PPGE, v.6, n.7, p.143-158, jan./jun.

STATCART IBGE. 2000. Base de Informações por Setor Censitário. formato CD-ROM, Brasília: IBGE.

TUCCI, C. E. M. 2001. Hidrologia: ciência e Aplicação. 2ª ed. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS:ABRH.

TUCCI, C. E. M., et al. 2003. Previsão de Vazões com base na previsão climática. Distrito Federal: Dupligráfica, 184p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)