VARIACAO NICTEMERAL DE PARÂMETROS FÍSICOS E QUÍMICOS DA LAGUNA DA JANSEN EM DUAS FASES DO CICLO HIDROLÓGICO

Lenimar Veiga Gomes, Maria do Socorro Rodrigues Ibañez

Resumo


A Laguna da Jansen, oriunda da ação antrópica em um manguezal afetado pela construção de uma avenida em área urbana na cidade de São Luís – MA, foi investigada nos períodos chuvoso e seco (julho e dezembro de 1994), em três sítios, em um perfil vertical em um ciclo de 18 horas. Foram realizadas análises físicas e químicas da água, tais como: condutividade elétrica, turbidez, temperatura, pH, salinidade, oxigênio dissolvido e alcalinidade. O pH medido foi alcalino com valores entre 7,8 a 8,6 nos dois períodos. Não houve variação significativa da temperatura da água no perfil vertical, nos diferentes sítios, tanto no inverno quanto no verão. A salinidade variou entre 5 a 21%o na estação chuvosa enquanto que na seca foi de 40%o. A condutividade elétrica apresentou marcante diferença entre a estação chuvosa (11,0 a 25,0 mS/cm) e a seca (60,0 mS/cm), enquanto a alcalinidade na estação chuvosa foi mais elevada (1,31 a 2,77 mEq/l) que na seca (0,27 a 0,67 mEq/l).

A turbidez variou de (6,0 a 14,0 NTU) no período chuvoso, permanecendo constante no seco (10,0 NTU). O oxigênio dissolvido sofreu variação de 0 a 7,4 mg/l, apresentando anóxia, em alguns casos, em ambos os períodos. Embora não tenha sido observada estratificação térmica propriamente dita na coluna d’água o mesmo não foi verificado com relação ao fósforo. As concentrações desse elemento foram mais elevadas no período chuvoso. As estratégias de manejo devem levar em consideração a nítida sazonalidade do fósforo cujos teores relativamente mais elevados podem estar relacionados à presença de matéria orgânica de vegetação submersa e o aporte de efluentes domésticos para o interior da laguna que se situa em contato direto com a rede de drenagem, ausente de qualquer tratamento.

ABSTRACT

The Jansen lagoon, originated from an antropic action in a mangrove area affected by the construction of an avenue in the São Luís city, MA, was investigated during the rainy and dry periods (July and December, 1994) in three sites, n a vertical profile in a 18 hour cycle. Physical and chemical analysis were realized as follows: eletrical conductivity, turbidity, temperature, pH, salinity, dissolved oxygen, alkalinity, and phosphates.

There was no significant variation in the water temperature in the vertical profile, in both periods, in the different sites. In the rainy period the salinity varied between 5 and 21%o while in the dry one it was 40%o. The electrical conductivity showed significant difference in the rainy (11,0 to 25,0 mS/cm) and dry (60,0 mS/cm) periods. The alkalinity in the rainy season ranged from 1,31 to 2,77 mEq/l than the dry on from 0,27 to 0,67mEq/l. The turbidity varied from 6 to 14 NTU in the rainy period and was kept constant in the dry one (10 NTU). The dissolved oxygen varied from 0 to 7,4 mg/l and an anoxia was evidenced in some cases, in both periods. Although no stratification was observed in the temperature in the water column, in relation to phosphorus a significant variation with depth was detected.

High concentrations of this elemento were more elevated on the rainy period. Management strategies should take into consideration the relatively high concentrations of phosphorus that may be related to the presence of organic matter of submersed vegetation and inflow of non treated domestic sewage to the lagoon.

 

 


Palavras-chave


Laguna da Jansen; Variação nictemeral

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)