O MICROFITOPLÂNCTON NO ESTUÁRIO DO RIO PACIÊNCIA, PAÇO DO LUMIAR, MARANHÃO

Guacyara de Lavôr-Fernandes

Resumo


Foram analisadas 30 amostras de microfitoplâncton coletadas em três estações fixas no estuário do Rio Paciência (Paço do Lumiar, Maranhão) no período de março/84 a fevereiro/85, com o objetivo de estudar a composição desta fração do plâncton do ambiente em estudo. As amostras foram obtidas com rede de malha de 75 µm, através de arrastos horizontais próximos à superfície com duração de 5 minutos.

Entre os grupos de microalgas componentes da flora planctônica deste ambiente as diatomáceas destacaram-se das demais, pois apresentaram percentuais de abundancia relativa sempre superior a 94% o que parece atestar as importância na produção primaria deste estuário.

As Bacillariophyceae que mais se destacaram pelos altos percentuais de abundância relativa atingidos em algumas amostras, foram: Biddulphia regia, Chaetoceros teres, Coscinodiscus app., Ethmodiscus gazallae, Rhizosolenia styliformis e Skeletonema costatum.

Os dinoflagelados, as cioanofíceas, as clorofíceas e os fitoflagelados apresentaram  percentuais de abundância muito baixo, sendo considerados esporádicos.

ABSTRACT

Thirty samples of microphytoplankton were collected in three permanent in the estuary of Paciência River in one period from march/83 to february 1984. The objective was to detect the composition of this fraction of this environment. The samples were obtanined with a 75 µm mesh net, though horizontal near surface for a five minutes work.

Diatomas were the most frequent algae all groups of microalgae components of planktonic flora, with relative frequency greater than 94 ‰ this suggests their great importance in this estuary primary production.

The Bacillariophyceae with highester relative abundances in the sample were: Biddulphia regia, Chaetoceros teres, Coscinodiscus app., Ethmodiscus gazallae, Rhizosolenia styliformis e Skeletonema costatum.

The dinoflagellates, blue-green algae, green algae and phytoflagelates showed low leves of relative abundance and are considered as sporadic.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)