CONTRIBUIÇÃO AO ESTUDO DA GEOLOGIA AMBIENTAL COSTEIRA DO MUNICÍPIO DE ANCÂNTARA, ESTADO DO MARANHÃO

Paulo Roberto Saraiva Cavalcante, Jader Onofre de Morais

Resumo


A grande amplitude de maré associada ao direcionamento e intensidade das correntes que penetram e saem na Baía de são marcos parecem ser o principal fator responsável pela evolução morfológica costeira dessa região.

Os estudos geomorfológicos sugerem condições de instabilidade na margem oeste evidenciadas pela sequência de falésias vivas e vestígios de antigos manguezais destruídos pelo avanço da linha da costa.

 

ABSTRACT

The association of the large size amplitudes with currents intensity and direction that flows into and out of the São Marcos Bay, seems to be the main factor in the coastal morphological evolution of this region.

The geomorphological studies suggested conditions of instabilities in the west margin that became evident by a sequence of living cliffs and vestiges of ancient mangroves destroyed by the coastal line progress.

 


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)