ASPECTOS SÓCIO-AMBIENTAIS DAS PESCARIAS DE CAMARÕES DULCÍOLAS (Macrobrachium amazonicum Heller, 1862 e Macrobrachium rosenbergii De Man, 1879) (DECAPODA, PALAEMONIDAE) NA REGIÃO BRAGANTINA - PARÁ - BRASIL

Julliany Lemos Freire, Bianca Bentes da Silva

Resumo


Apesar da abundância de espécies nativas de camarões com excelente potencial pesqueiro e boa aceitação comercial como Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862), espécies exóticas a exemplo de Macrobrachium  rosenbergii (De Man, 1879) têm sido introduzidas para fins de cultivos aqüicolas. O presente estudo foi realizado a partir de entrevistas qualitativas com os principais atores da cadeia produtiva destes recursos nas comunidades da região bragantina cuja pesca artesanal de camarões dulcícolas é significativa, objetivando a caracterização das pescarias, a sócio-economia das comunidades pesqueiras para sugerir estratégias de manejo que visem à otimização da pesca artesanal na região. Os resultados evidenciam que as condições de vida dos principais atores desse recurso são precárias em termos estruturais básicos, sanitários e econômicos. As famílias apresentam nenhuma ou pouca escolaridade e baixa renda familiar. A pesca de camarões dulcícolas nestes locais apresenta-se como um incremento da renda familiar, devido à sazonalidade destes recursos. A ocorrência de capturas de Macrobrachium rosenbergii (De Man, 1879) em ambientes naturais  reforça a necessidade de ações voltadas para a conscientização do impacto causado pela referida espécie na região, aliada à capacitação das famílias à melhor valoração da venda do camarão nativo M. amazonicum.

Palavras-chave: Macrobrachium amazonicum, Macrobrachium rosenbergii, pesca artesanal, manejo pesqueiro.

Abstract


Social-environment aspects of freshwater praws fisheries (Macrobrachium amazonicum  Heller, 1862 e Macrobrachium rosenbergii de Man, 1879) (Decapoda, Palaemonidae) of Bragantina Region - Pará - Brazil


Among abundance of native shrimp species with high fisheries potential and good commercial relationships like Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862), exotic species like Macrobrachium rosenbergii has been done introduced  with aquaculture aims. Study was conducted with structured interviews to actors in the production chain of this resource in Bragança city communities whose artisanal fishing of freshwaters shrimps is significant finding show socio-economic characteristics of fishing communities and suggestion of management strategies aimed at the optimization of artisanal fisheries. Results show precarious life conditions of fisherman and families with low schooling. Fishing shrimps in these places seems an increase in family income, due to seasonality of the appeal. The occurrence of catches of Macrobrachium rosenbergii (De Man, 1879) in some places, and consequent shortage of M. amazonicum reinforce the need for actions directed to awareness this impact in  region coupled with empowerment of families to better sale valuation of  native shrimp.

Key-words: Macrobrachium amazonicum, Macrobrachium rosenbergii,  fishing artisanal, freshwater shrimp resource, fishing management.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M.C., SILVA, B. B., SANTO, R. V. E., MOURÃO, K. R. M., OLIVEIRA, C. M. E. de, FRÉDOU, F. L. 2006. A explotação do caranguejo Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) (Decapoda, Ocypodidae) no município de Bragança - litoral do Estado do Pará (Aceito) In: I Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, Rio de Janeiro.

ARAÚJO.M.C & VALENTI, W.C. 2005. Manejo alimentar de pós-larva de camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum em berçário I. Acta Scientiarum animal sciences, 27: 67-72.

BARBOSA, G. V.; PINTO, M. N. 1973. Geomorfologia da folha SA-23 (São Luiz) e parte da folha SA-24 (Fortaleza). In: Brasil. Projeto RADAM BRASIL. Folha SA-23 (São Luiz) e parte da folha SA-24 (Fortaleza); Geologia, geomorfologia, solos, vegetação e uso potencial da terra. Rio de Janeiro. Cap. 1, Levantamento de recursos naturais, 3:3-37.

CASTRO, F. E MCGRATH, D. 2001. O manejo comunitário de lagos na Amazônia. Parcerias estratégicas.12: 112-126.

CAMBRAY, J.A. 2003. Impacton indigenus species biodiversity caused by the globalisation of alien recreatinal freshwater fisheries. Hydrobiologia, 500: 217-230.

CINTRA, I. H. A.; SILVA, K.C. A.; MUNIZ, A.P.M. 2003 Ocorrência de Macrobrachium rosenbergii (De man, 1879) em áreas estuarinas do Estado do Pará (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae). Bol. Téc. Cient. CEPNOR,3: 219-227.

FAO; NACA; UNEP; WB; WWF. 2006. Princípios Internacionais de carcicultura responsável. 1:1-27.

GAZOLA-SILVA, F.F.; MELO, G.S., VITULE, J.R.S. 2007. Macrobrachium rosenberguii (Decapoda: Palaeomonidae) possível introdução em um rio da planice litorânea paranaense (PR, Brasil). Acta biológica Paranaense, 36 (1-2): 83-90.

MANESCHY, M.C. 1997. Da casa ao mar: papeis das mulheres na construção da pesca responsável. Seminário Internacional da pesca responsável. Beberibe, Ceará.

MARTINS, F.D.P. 1977. Consumo de oxigênio do camarão canela Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) Decapoda - frente a variações de salinidade em condições de laboratório. Monografia (Graduação do curso de Engenharia de Pesca). Universidade federal do Ceará, Fortaleza.

MEDINA, E.; GIARRIZZO, T.; MENEZES, M.; CARVALHO-LIRA, M.; CARVALHO, E.; PERES, A.; BRITO, A.; ESPÍRITO-SANTO, R.; REISE, A. AND BRAGA, C. 2001 Mangal comunities of the “Salgado Paraense”: ecological heterogenity along the Bragança Peninsula assessed through soil and leaf analysis. Amazoniana (XVI): 397-416.

MAGALHÃES, C.; BUENO, S. L.S. ; BOND-BUCKUP, O. G.; VALENTI, W. C.; SILVA, H. L. M. KIYOHARA5, MOSSOLIN, F. E. C. ; ROCHA, S.S. 2005. Exotic species of freshwater decapod crustaceans in the state of São Paulo, Brazil: records and possible causes of their introduction. Biodiversity and Conservation. 14: 1929-1945.

MORAES-RIODADES, P. M. C. 1999. Cultivo de camarões do gênero Macrobrachium bate, 1868 (Crustacea, Palaemonidae) no estado do Pará. Dissertação (Curso de Pós-graduação, Faculdade de Ciências agrárias do Pará). Universidade Federal do Pará, Belém.

MORAES-RIODADES, P. M. C.; VALENTI, W.C.; PERALTA, A.S.L.;AMORIM, M.D.L. 1999. Carcinicultura de água doce no estado do Pará: situação atual e perspectivas. XI Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca. Recife, Pernambuco.

MOREIRA, H. L. F. A. 1993. Marudá: aspectos da mudança social em uma comunidade de pescadores da Amazônia.. In: FURTADO, L.G.; LEITÃO, W. ; MELLO, A. F. (Eds.). Povos das águas: realidade e perspectivas na Amazônia. Belém: MCT/CNPq/ MPEG : 119-131.

ODINETZ COLLART, O.1991 Strategie de reproduction de en Amazonie centrale (Decapoda, Caridea, Palaemonidae). Leiden. 61(3): 253-270.

ODINETZ-COLART, O. 1993. Ecologia e potencial pesqueiro do Camarão-canela, Macrobrachium amazonicum, na Bacia Amazônica. Bases científicas para estratégias de preservação e desenvolvimento. 2 Manaus, Amazonas.

ODUM, W. E.; HEALD, E. J.1972. Trophic analysis of an estuarine mangrove community. Bull. Mar. Sci. 22: 671-738.

PINTO, J. 2005. Manejo comunitário de camarão de água doce por ribeirinhos na Amazônia. 2005. Agriculturas.2(4): 10-13.

SILVA. B.B. 2004. Diagnóstico da pesca no litoral paraense. Dissertação (Mestrado em zoologia) Museu Emílio Goeldi e Universidade Federal do Pará, Belém.

SILVA, L.M.A. & BELLINI, A.C.A. 2003. A pesca do camarão regional Macrobrachium amazonicum (Heller,1862) na foz do rio amazonas (Arquipélago Bailique). XIII Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca. Salvador, Bahia.

SILVA-OLIVEIRA, C.G. 2005 Ocorrência da espécie exótica de água doce Macrobrachium rosenbergii no nordeste paraense (Brasil). Tese de conclusão de curso (Licenciatura Plena em Ciências Biológicas). Universidade Federal do Pará, Bragança.

SILVA, K.C.A.; CINTRA, I.H.A.; MUNIZ, A.P.M. 2005. Aspectos Bioecológicos de Macrobrachium amazonicum (Heller,1862) a jusante do reservatório da hidroelétrica de Tucuruí - Pará. Boletim técnico científico do Cepnor, Belém, 5 (1): 55-71.

VALENTI, W.C. 2002. Criação de camarão de água doce. 12° Congresso de Zootecnia. Vila real - Portugal.

VALENTI, W.C. 1985. Cultivo de camarões de água doce. São Paulo: Nobel. 82 p.

VIEIRA, I. M. 2003. Bioecologia e pesca do camarão Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) no baixo rio amazonas - AP. Dissertação (Mestrado em desenvolvimento sustentável). Brasília, Distrito Federal.

VIEIRA, I. M. & Araújo-Neto, M.D. 2006. Bioecologia e pesca do camarão Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) no baixo rio amazonas - AP. Bol. Lab. Hidrobiologia, 19: 85-94.

WOLFF, M., KOCH V.; ISAAC, V.J. A. 1999. Trophic flow model of the Caeté mangroveestuary (North Brasil) with considerations for the sustainable use of its resources. MADAM Project 5th International Conference. Conference Abstracts. 1: 91-92.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)