CARACTERIZAÇÃO DA PESCA ARTESANAL NOS MUNICÍPIOS DE HUMBERTO DE CAMPOS E PRIMEIRA CRUZ - MARANHÃO

Josinete Sampaio Monteles, Izabel Cristina de Almeida Funo, Antonio Carlos Leal de Castro

Resumo


O Estado do Maranhão com seus 640 km de litoral contribui de forma efetiva com grande parte do pescado produzido no Brasil, sendo que a região litorânea de Humberto de Campos e Primeira Cruz contribui notoriamente com a produção maranhense. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar a atividade pesqueira destes municípios a fim de contribuir para maior conhecimento desta atividade. O levantamento das informações com pescadores e marisqueiros locais através da aplicação de questionários semi-estruturados possibilitou reconhecer que a atividade de extração de organismos aquáticos é realizada de forma intensa na região, abrangendo ampla variedade de produtos do mar como peixes, crustáceos e molusco bivalves, porém o maior percentual da população pesqueira prioriza a captura do camarão em busca da obtenção de maiores lucros.

Palavras-chaves: pesca. camarão. mariscagem. extrativismo.

ABSTRACT

Caracterization of artisanal fisheries in the  municipalities Humberto de Campos and Primeira Cruz-Maranhão


The State of Maranhão have 640km of coastline and contributes effectively with of the fish productcion in Brazil, being that the coatal region of Humberto de Campos and Primeira Cruz contributes undoubtedly to the production of Maranhão. The aim of this study is characterize the fishery in these municipalities in order to contribute to greater knowledge of the activity. The survey of information with local fishermen and shellfish was through a questionnaire of semi structured making it possible to recognize that the collection activity of aquatic organisms is realize intensively in the region covering wide range of marine products like fish, crustaceans and molluscs, but the largest percentage of the population emphasizes the capture fishing of shrimp in an attempt to obtain higher profits.

Keywords: fishing. shrimp. shellfish. extraction.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, N.A. 2008. Relações ecológicas entre a fauna ictiológica e a vegetação ciliar da região lacustre do baixo Pindaré na Baixada Maranhense e suas implicações na sustentabilidade da pesca regional. Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade de Ecossistemas) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.

BEGOSSI, A. 2004. Ecologia de Pescadores da Mata Atlântica e da Amazônia. São Paulo: Hucitec/Nepam/UNICAMP: Nupaub/USP: FAPESP, 1: 223-227.

BIERNACKI, P., WALDORF, D. 1981. Snowball Sampling: problems and techniques of chain referral sampling. Soc. Meth. & Resear., 10(2):141-142.

ALMEIDA, Z.S., CASTRO, A.C.L., PAZ, A.C., RIBEIRO, D., SANTOS, N.B.; DIAS, T.R. Diagnóstico da pesca artesanal no litoral do Maranhão. In: ISAAC, V.J., MARTINS, A.S., HAIMOVICI, M., ANDRIGUETTO-FILHO, J.M. (Orgs.). A pesca marinha e estuarina do Brasil no início do século XXI: recursos, tecnologias, aspectos socioeconômicos e institucionais. Belém: UFPA: 41-65.

ALMEIDA, Z.S. 2008. Os recursos pesqueiros marinhos e estuarinos do Maranhão: biologia, tecnologia, socioeconomia, estado da arte e manejo. Tese (Doutorado em Zoologia) - Universidade Federal do Pará/Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém.

BRASIL. 2005. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Plano de desenvolvimento rural sustentável - Território lençóis maranhenses/munim. Capturado em 07 jun. 2008. Online. Disponível em http://www.condraf.org.br/biblioteca_virtual/ptdrs/ptdrs_ma_lencois_maranhenses.pdf.

CALDAS, I.T. 2008. Carcinicultura marinha no estado do Maranhão: Um diagnóstico nos municípios de Humberto de Campos e Primeira Cruz. Monografia (Graduação em Ciências Aquáticas)-Universidade Federal do Maranhão. São Luís-MA.

CASTRO, A.C.L. 2001. Diversidade da assembléia de peixes em igarapés do estuário do Rio Paciência (MA-Brasil). Atlânt., 23: 39-46.

DIEGUES, A.C. 1999. A Sócio-Antropologia das Comunidades de Pescadores Marítimos no Brasil. Rev. Cent. Est. Antrop. Soc., 3: 361-375.

IBAMA/MMA. 2005. Pesca e Aquicultura no Brasil 1991/2000-Produção e Balança Comercial. Brasília. 19p.

IBAMA/MMA. 2007. Estatística de Pesca, 2005, Brasil: Grandes Regiões e Unidades da Federação. Pernambuco. MMA/IBAMA/CEPENE, 147p.

IBGE. 2002. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Biblioteca virtual. Rio de Janeiro-RJ. Capturado em 07 jun. 2008. Online. Disponível na internet em http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/perfil.php?codmun=210510.

IBGE. 2002. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico. Rio de Janeiro-RJ. Capturado em 07 jun. 2009. Online. Disponível na internet em http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/estimativa2008/POP2008DOU.pdf.

MONTELES, J.S., CASTRO, T.C.S. de, VIANA, D.C.P., CONCEIÇÃO, F.S., FRANÇA, V.L. de, FUNO, I.C.S.A. 2009. Percepção socioambiental das marisqueiras no município da Raposa-MA. Rev. Bras. Eng. Pesca. 4(2): 34-45.

MONTELES, J.S., FUNO, I.C.S.A., CASTRO, A.C.L., ALMEIDA, R.S. de. 2009. Caracterização da Pesca no município de Icatu-MA. In: Anais do XVI Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca, Natal-RN.

OLIVEIRA, G. M. 2005. Pesca e Aqüicultura no Brasil, 1991/2000 In: Pesca e Aqüicultura no Brasil, 1991/2000 Produção e Balança Comercial: Brasília IBAMA. Cap. 1, p. 17-23.

PREFEITURA MUNICIPAL. 2009. Informativo municipal. Capturado em 18 jan. 2009. Online. Disponível na internet em >http:// www.icatu.ma.gov.br/2005/6/16/Pagina70.htm

RAMOS, R.S. 2008. Nas águas de Guimarães: uma análise da sustentabilidade pesqueira artesanal do município. MA/BRASIL. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade de Ecossistemas. Universidade Federal do Maranhão. São Luís, 132 p.

SANTOS, P.V.C.J. PIGA, F.G., TORRES, S.A., ALMEIDA, I.C.S. de., MELO, C.D.P. 2008. Caracterização do Perfil Sócio-Econômico e Ambiental dos Pescadores do Município da Raposa-MA. In: Anais do III Congresso Brasileiro de Oceanografia e Congresso Ibero-Americano de Oceanografia.

SILVA, G.C., CASTRO, A.C.L., GUBIANI, E.A. 2007. Biologia reprodutiva de Hexanematichthys proops (Siluriformes, Ariidae) no litoral maranhense. Ihering. Série Zoologia. 97: 498-504.

STRIDE, R.K. 1993. Diagnóstico da pesca artesanal marinha do estado do Maranhão. São Luís: CORSUP/EDUFMA. 2: 205 p.


Apontamentos



B. Lab. Hidro.

ISSN 1982-6421 (on-line)

ISSN 0102-4337 (impresso)