COMPARAÇÃO DOS PADRÕES DE BALNEABILIDADE DAS PRAIAS DE PALMAS, ESTADO DO TOCANTINS, NO PERÍODO 2007 a 2009

Rafael Tagori Martins, Cláudia da Silva Aguiar Rezende

Resumo


O meio ambiente sofre as conseqüências do desenvolvimento de nossas sociedades, o que representa um fator de risco, devido às atividades humanas sem controle, os despejos de esgotos sem tratamento, vazamentos de produtos tóxicos e a disposição inadequada de resíduos sólidos que vêm causando uma degradação vertiginosa e uma dilapidação do capital natural. A qualidade das águas para recreação é conseqüência direta ou indireta das medidas de infraestrutura sanitária adotadas no país. O crescimento desordenado e rápido, comum nas jovens cidades, gera uma demanda crescente por obras de saneamento básico. As águas das praias de Palmas apresentaram valores baixos de coliformes totais e termotolerantes para o biênio considerado, indicando que estão próprias e excelentes para a recreação de contato primário, ou seja, em condições de balneabilidade, não sendo observados pontos de contaminação microbiológica que ultrapassem os limites estabelecidos pela legislação vigente.

Palavras Chave: balneabilidade, água, praias, coliformes, recreação.

ABSTRACT

Comparison of standards of beaches of Palms bathing, Tocantins state, during 2007 to 2009
The environment suffers from development that represents a risk factor, due to human activities without control, sewage disposal, toxic spills and improper disposal of solid waste that is causing a precipitous degradation and a squandering of natural capital. The quality of water for recreation is a direct or indirect consequence of health infrastructure measures adapted in the country. The rapid and disorderly growth, common in young cities, creates a growing demand for basic sanitation projects. The waters of the Palmas city beaches presented low values of total and fecal coliforms for de biennium under consideration, indicating that oare maper in the category excellent for primary contact recreation, urthout points of microbiological contamination exceeding the limits set by legislation.

Key-words: water, recreation, coliforms, legislation.


Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, B. Ecologia Aplicada ao Saneamento Ambiental. Rio de Janeiro: ABES 1998. 368 p. 1998

CETESB. Companhia de Tratamento de Águas e Esgostos. Disponível em http://www.cetesb.sp.gov.br. Acesso em 05/01/2010. 2004

FEPAM. Disponível em http://www.fepam.rs.gov.br. Acesso em 10/01/2010. 2004.

HAWNEN, P.; LOVINS A.; LOVINS L. H. Capitalismo Natural - Criando a Próxima Revolução Industrial. São Paulo: Editora Cultrix, 358 p. 1999.

PEREIRA L C; TOCCHETTO M R L. Balneabilidade e Riscos à Saúde Humana e Ambiental. Disponível em http://www.cetesb.sp.gov.br. Acesso em 05/jan./2010.

SOUZA, L.C. IARIA, S. T. PAIM, G.V. MAGALHÃES LOPES, C.A. BACTÉRIAS COLIFORMES TOTAIS E COLIFORMES DE ORIGEM FECAL EM ÁGUAS USADAS NA DESSEDENTAÇÃO DE ANIMAIS. Revista Saúde Pública, 17: 122-22 São Paulo – SP. 1983.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Boletim do Laboratório de Hidrobiologia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

B. Lab. Hidro.

E-mail: boletimlabohidro@ufma.br

ISSN 1982-6421 (Online)