A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA DO CURSO DE HOTELARIA - UFMA NO ÂMBITO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

Angela Roberta Lucas Leite, Loise Cristina Borges, Lucas Gabriel da Silva Santos

Resumo


A importância da pesquisa na produção de conhecimentos por meio de atividades realizadas em grupos de pesquisas vinculados ao Curso de Hotelaria, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no âmbito da extensão universitária. Para atingir tal objetivo, buscou-se identificar os grupos de pesquisa institucionalizados e vinculados ao Curso de Hotelaria, que possuíam projetos de extensão universitária ativos, bem como relatar de que forma esses conhecimentos são produzidos e propagados pelos grupos de pesquisa em forma de ações para comunidade na qual estão inseridos. A pesquisa teve o cunho qualitativo e descritivo, em que foram feitos levantamentos bibliográfico e documental a respeito das categorias de produção do conhecimento, grupos de pesquisa e extensão universitária. O universo da pesquisa limitou-se ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Identidades Culturais da Gastronomia Maranhense e ao o Núcleo de Projetos e Pesquisas em Hotelaria. Os resultados apontaram que a produção do conhecimento consegue atingir uma parcela significativa da cidade de São Luís e que muitos dos projetos de extensão são capazes de propagar conhecimento a nível nacional. Percebe-se ainda que os projetos de extensão contribuem tanto para a coleta de dados para a própria universidade, quanto para instituições privadas. No entanto, o curso de Hotelaria da UFMA conta com poucos grupos de pesquisa, bem como a inserção do alunado do referido curso em grupos de pesquisa ainda é incipiente, o que impacta no número de produção científica, que ainda é muito baixa em comparação aos demais cursos da UFMA.

Palavras-chave: Produção do conhecimento. Grupos de pesquisa. Extensão universitária. UFMA. Hotelaria.

 

Abstract

The relevance of research in the production of knowledge through activities carried out in Research Groups bounded to the Hotel Management graduation of the Universidade Federal do Maranhão in the scope of university extension. In order to persue this objective, we sought to identify the institutionalized research groups linked to the mentioned graduation, which had active extension projects, as well as to report on how this knowledges are produced and propagated by the groups in the form of actions for the community in which they are. The research had the qualitative and descriptive character in which bibliographical and documentary surveys were made regarding the categories of knowledge production, research groups and university extension. The universe of this researchwaslimitedtothe “Grupo de Estudos e Pesquisas em Identidades Culturais da Gastronomia Maranhense” andtothe “Núcleo de Projetos e Pesquisas em Hotelaria”. The results showed that the production of knowledge manages to reach a significant part of the city of São Luís and that many of the extension projects are capable to propagating knowledge at the national level. It is also noticed that the extension projects contribute as much to the data collection for the University itself, as for private institutions. However, the UFMA Hotel Management graduation has few research groups, as well as the inclusion of the students in this group is still incipient, which impacts on the number of scientific production that is still very low in comparison to the other courses of UFMA.

Keywords: Production of knowledge. Research groups. University extension. UFMA. Hospitality.


Palavras-chave


Produção do Conhecimento. Grupos de Pesquisa. Extensão Universitária. UFMA. Hotelaria.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF, 1988. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2018.

CNPq. Diretório dos grupos de pesquisa no Brasil Lattes. 2018. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2018.

GOHN, M. G. M. A pesquisa na produção do conhecimento: questões metodológicas. EccoS Revista Científica, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 253-274, jul./dez. 2005.

MENDONÇA, S. G. L.; SILVA, P. S. Extensão Universitária: Uma nova relação com a administração pública. Extensão universitária: ação comunitária e universidades brasileiras, São Paulo, v. 3, p. 29-44, 2002.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez, 2000.

SEVERINO. A. J. Pesquisa, pós-graduação e universidade. Revista da Faculdade Salesiana, Lorena, v. 24, n. 34, p. 60-68, 1996.

SEVERINO. A. J. Metodologia do trabalho científico. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2017.

SOUSA, A. L. L. A história da extensão universitária. Campinas: Alínea, 2000.

UFMA. Consepe. Resolução nº 906, de 17 de abril de 2012. Dá nova redação à Resolução nº 37-CONSEPE/1993 que trata de projetos de pesquisa e dispõe sobre normas de regulamentação e sua apresentação no âmbito da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, que demandem ou não recursos financeiros. São Luís, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Bibliomar

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2526-6160

 

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:


LATINDEX

Directory of Open Access Journals


logo_livre2.png

Resultado de imagem para redib

 BASE Logo

https://www.sumarios.org/sites/default/files/logo_0.png

Ver a imagem de origem

 VISITANTES MUNDIAIS DA REVISTA BIBLIOMAR: