REALISMO E ANTIRREALISMO EM JOHN R. SEARLE

Gildeon Oliveira do vale

Resumo


Considerando o contexto epistemológico contemporâneo, o presente artigo trata do realismo externo e da oposição feita a ele pelo antirrealismo, tanto em suas versões ligadas ao idealismo, quanto na versão ligado ao perspectivismo e suas derivações principais. No contexto desse debate, assume-se o posicionamento e os argumentos de John R. Searle. Apresentam-se os conceitos de posição-padrão e de pano de fundo como fundamentos para defender o realismo contra os desafios propostos pelo antirrealismo.

Palavras-chave


Filosofia da mente/ epistemologia

Texto completo:

PDF

Referências


HACKING, Ian. Representar e intervir: tópicos introdutórios de filosofia da ciência natural. Rio de Janeiro: Eduerj, 2012.

KANT, Immanuel. O que é a ilustração. In: WEFFORT, Francisco (Org.). Os clássicos da política. São Paulo: Ática, 1990, p. 83-85.

ROUANET, Sérgio Paulo. As razões do iluminismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p.11-36.

SEARLE, John. O Mistério da consciência. São Paulo: Paz e Terra, 1998.

____________. Metafísica Básica: realidade e verdade. In: Mente, Linguagem e Sociedade – filosofia no mundo real. Trad. F.Rangel; Rev. técnica: Danilo Marcondes. Rio de Janeiro: 2000, Rocco, p.11-43.




Direitos autorais 2018 Cadernos Zygmunt Bauman

ISSN 2236-4099