MEIO AMBIENTE NA POÉTICA DE JOSÉ CHAGAS

José Ribamar Neres Costa, Gilberto Luiz Alves

Resumo


Este artigo tem como objetivo principal demonstrar que, embora pouco explorada pela crítica literária, a temática do meio ambiente é uma das mais recorrentes na obra literária do poeta paraibano José Chagas. Ao longo do texto, serão estudados fragmentos de livros como MaréMemória (1973), Águas de Silêncio (1987), Tabuada de Memória (1994), De Lavra e de Palavra (2002) e Poema da Lagoa (2004), nos quais há referência direta ou metafórica a temas que conduzam à discussão sobre aspectos dos estudos ambientais.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Cadernos Zygmunt Bauman