HEIDEGGER, DESCARTES E A METAFÍSICA MATEMÁTICA

Ícaro Miguel Ibiapina Machado, Everaldo da Silva

Resumo


Heidegger, ao longo de sua obra, apresenta duas formas que a metafísica pode se manifestar. Aqui, lançamos nosso olhar para sua segunda vertente: a Matemática. Desse modo, objeta-se apresentar uma sistematização geral sobre esta concepção no que se refere ao método de René Descartes e as críticas perpetradas pelo filósofo da Floresta negra. Encontrou-se, em primeiro lugar, como solo fundamental desta metafísica, a escolha ontológica prévia que o matemático faz sobre os entes pesquisados, ou seja, a própria matematização. Em segundo lugar, expôs-se a concepção do autor no tange a extensão e a consequente previsibilidade daí advinda. Em seguida, discorre-se sobre aspectos mais propriamente metodológicos da matemática, enquanto metafísica. Depois, apresenta-se as principais críticas à Descartes e sua “aparente radicalidade”.  Por fim, conclui-se que a metafísica cartesiana não foge à tradição “ontoteológica”, caracterizando-se, ainda, como “esquecimento do ser”.


Palavras-chave


Heidegger, Descartes, Metafísica.

Texto completo:

PDF

Referências


HEIDEGGER, M. Identidade e Diferença. In: Os Pensadores – Heidegger. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996a.

HEIDEGGER, M. O Fim da Filosofia e a Tarefa do Pensamento. In: Os Pensadores – Heidegger. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996b.

HEIDEGGER, M. Que é isto – A Filosofia. In: Os Pensadores – Heidegger. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996c.

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. Petrópolis: Vozes, 1998.

HEIDEGGER, M. Introdution to Phenomenological Research. Bloomington, IN: Indiana University Press, 2005.

HEIDEGGER, M. Nietzsche – volume II. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007a.

HEIDEGGER, M. A Questão Fundamental da Filosofia. In: HEIDEGGER, M. Ser e Verdade. Petrópolis: Vozes, 2007b.

HEIDEGGER, M. Seminários de Zollikon. Petrópolis: Vozes, 2009.

HEIDEGGER, M. Carta sobre o Humanismo. São Paulo: Centauro Editora, 2010.

HEIDEGGER, M. (2013). A época das imagens de mundo (C. Ducker, Trad.). Recuperado em 3 setembro, 2015, disponível em http://ghiraldelli.pro.br/wp-content/uploads/Heidegger-A- %C3%89poca-das-Imagens-de-Mundo.pdf.

SHOCKEY, M. Heidegger’s Descartes and Heidegger’s Cartesianism. European Journal of Philosophy. Vol 20, No 2, pp. 285–311, 2010.




Direitos autorais 2017 Cadernos Zygmunt Bauman

ISSN 2236-4099