RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL: FATOS E MOTIVAÇÕES

Eduardo Antonio Resende Homem da Costa, Sergio Luís Braga França, Leticia Veloso

Resumo


É comum não existir consenso sobre oque é a responsabilidade social empresarial. Com isso não existiria um conceito, mas conceitos estabelecendo correntes de pensamento que seriam adotadas e seguidas até que uma prevalecesse pela adoção da maioria. A produção de conhecimento nos traz diversos conteúdos, entre os quais está o histórico. O histórico tem duas funções. Uma, é produzir volume, a outra, produzir sentido. Um bom histórico interroga os fatos que são apontados como relevantes. Identificar agentes passivos, ativos, motivações e buscar sentido no fato registrado em uma linha do tempo. Em função da ausência de consenso este trabalho torna-se complexo. A imprecisão do conceito tem forte apelo ideológico, já que envolve concepções de mundo diferentes. Os papéis do Estado, das empresas privadas e da sociedade civil irão variar, conforme o agente emissor ou avaliador do conceito ou fato debatido. Cada lado defende as suas perspectivas e gerando, além de conceitos diversos, múltiplas interpretações de fatos históricos. Percebe-se, nos trabalhos pesquisados, que não há uma análise profunda e integrada dos propósitos de cada agente pesquisador e pesquisado. Muitos fatos históricos são listados e reproduzidos apenas “pro forma”, com o intuito de apresentar o tema. Reside aqui o objetivo deste trabalho: contribuir para a compreensão dos fatos que marcaram a responsabilidade social empresarial. Os métodos de pesquisas para o desenvolvimento deste trabalho permitem classificar a pesquisa quanto aos seus objetivos como exploratória; quanto aos procedimentos como pesquisa bibliográfica e documental; e quanto à abordagem do problema, como qualitativa.


Palavras-chave


responsabilidade social empresarial – história - sociedade – mercado

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

 
ISSN 2236-4099