Consumismo como fuga simbólica do real

Renato Nunes Bittencourt

Resumo


Neste artigo analisaremos o problema existencial do consumismo a partir da análise de Zygmunt Bauman e de autores cujas reflexões favoreceram uma frutífera interlocução intelectual, destacando assim a pertinência de tal interpretação ao revelar como a existência humana, na sociedade contemporânea, se encontra submetida aos parâmetros normativos do consumo social


Texto completo:

PDF


Direitos autorais

ISSN 2236-4099